centro de mesa | decor de Natal

Para centro de mesa este ano, decidi manter as mesma folhagens que as coroas, mas dar-lhe um tom mais escuro, usando as tão tradicionais tangerinas dos nossos natais italianos. A minha sogra há quinze anos ensinou-me a secar casca de tangerina na lareira, devagarinho deixando no ar um cheiro que há 15 eu não identificava con Natal, apenas com inverno mas que se tornou o cheiro do nosso Natal. Usamos a tangerina em três versões: casca seca, fatias secas e tangerinas com cravinho. 

Este ano não sequei casca de tangerina, pura e simplesmente porque não tenho a mega lareira da minha sogra, onde cabe lá dentro quatro pessoas a tomar chá, e preferi apenas secar fatias de tangerina no forno, um processo lnto, mas não de todo impossível. Tenho visto mil e uma decorações usando fatias secas, mas não tenham medo é bastante fácil! 

Os verdes e as tangerinas têm um tom lindo para a nossa casa, combinam lindamente com as cores dos nossos livros na estante de parede interia que temos ao lado e com os pretos e cinzas de alguns apontamentos. No centro de mesa troquei apenas o pinheirinho mais maleável por um mais grosso, mais carnudo para que dura mais tempo… era bom que durasse até ao final do ano como nos meus sogros, em que se vai comendo as tangerinas durante estes oito dias como celebração das festas, e para cortar os sabores da quantidade louca de comida que se comsome. Sabiam que é um excelente truque para conseguir comer só mais uma sobremesa? E nós como comemos bacalhau, peru e borrego,  ligeira acidez da laranja corta tudo, e estamso prontos para outra. 
Lá somos 19 à mesa, aqui menos, mas no dia 1 já não há tangerina para ninguém!

O arranjo na jarra foi feito com o que sobrou de folhagens e um ramo teimosos de baga amarela. Não faz parte da mesa, ficou noutro móvel para que a decoração invadisse toda a casa. 

Quanto às tangerinas com cravinho, conheciam esta maneira de as decorar? Não só ficam lindas de morrer com os cravinhos espetados, podendo fazer qualquer desenho, como o cheirinho que emanem é indiscritível, um mito entre citrino e especiarias. Nós que somos descendentes de mouros, este é um mix perfeito entre as duas culturas, a portuguesa e a árabe. Eu adoro, tão Natal, tão inverno, tão nossa. 

Continue Reading

coroas de natal | cenário

Ainda me custa a crer que tivémos um Natal “normal”… até sábado não acreditei, até que ouvi as palavras “já aí vem a drª. para lhe dar alta” e foram as palavras mais melódicas que ouvi. Ao chegarmos a casa, apesar de termos árvore e calendário de advento já montados, percebi o quão me deitou abaixo esta estadia no hospital… e o quão não estava a encher a vida do V com ambiente natalício… foi assim que domingo e 2ªf passei os dias entre embrulhos, florista, terraço a fazer coroas de natal, no chão a tentar fazer arranjos sozinha, centros de mesa e ao mesmo tempo encher a casa de cheiro a natal. 
Os mais velhos deliraram, e que bem que me sobe vê-los felizes, juntos ao mano que ainda nem tinha percebido o que era bem o Natal, já que o ano passado ainda só tinha 11 meses e passou-o doente… mal sabiamos. 
Para as coroas de Natal, já andava há uns tempos a querer usar tons mais claros, nada na minha casa combina com vermelhos e verdes e usar esses tons no Natal, fica esquisito, pois o sofá é um tom cinza azulado, mais o tapete lindo que adoro azul água cinza e temos muitos apontamentos de madeira clara… pensei em branco, mas tirei logo essa ideia da cabeça pois ao pensar no que podia usar branco, o que é maleável é muito primaveril, o que é invernal, como as lindíssimas bolas de algodão, não cede nem um milímetro para coroas. 
Foi então que me lembrei que embora mais raras, e mais caras, existem em alguns sítios bagas amarelas nesta altura, e a minha querida Alcina, que me guarda as melhores flores e verdes quando preciso, tinha! Para combinar usei pinheirinho do mais barato e mole juntamente com eucalipto, este eucalipto é diferente, tem um nome que eu nunca sei qual é, mas quando o vejo adoro e a meu ver pode ser usado o ano todo. Maleável, ligeirinho e com folhas lindas e pequenas para não atafulhar. 
Para rematar acrescentei o pormenor das mini maçarocas, também elas amarelas mais clarinhas, símbolo de abundância, que ajuda a completar e dar-lhe um equilíbrio perfeito. 

Penduradas com uma simples fita amarela torrada de cetim, parece que adivinho quando guardo tudo! Preenchem a parede atrás do sofá e a casa cheira tão bem. Adoro o cheiro a pinhal e eucaliptal.

Se não souberem como fazer coroas, é um processo super simples, mas que requer tempo e algum planeamento. Atenção que as bagas, ambora lindas requerem alguma atenção, quando frescas são super frágeis, caiem imenso enquanto as trabalhamos, mas basta umas horas sem água e ficam mais secas, sem perder a cor nem o formato, e deixam de cair. É mágico, até porque como são caras… sim, são mesmo… é bom que não se percam pelo chão!

E funcionou lindamente como cenário, afastei o sofá, metemos o pai a trabalhar, e como não houve tempo para grandes sessões fotográficas, fizémos a nossa caseirinha e se vissem o processo todo, poderiam ver o quanto precisavamso de estar juntos a rir! Só o Vasquinho é que não achou imensa piada, ele é mais hospitais!

Boas festas a todos!!
Continue Reading

diy|fvm . calendário de advento

E porque os pedidos são muito aqui ficam mais imagens do Calendário de Advento que fiz e com todo o processo explicado. Um óptimo DIY lá para casa!!!

Seguem materiais e instruções:
Materiais:
1. tesoura . tiger
2. bakers twine . athomehobby
3. corda . leroy merlin
4. camarão de rodar . leroy merlin
5. saquinhos kraft . tiger
6. tecido escocês . feira dos tecidos
7. fita cetim . retrosaria
8. abatjour papel . ikea
9. autocolantes advento . tiger
10. cesto . ikea
Instruções: 
_ coloque o tecido no chão. as medidas terão que ser tiradas, consoante o candeeiro de papel que usar, mais pequeno ou maior determinará o tamanho do tecido, convém que seja quadrado e que simule primeiro com uma toalha em casa para depois comprar a medida certa.
_ coloque o abatjour já montado em cima do tecido, com o topo para baixo.
_ corte, onde o abatjour toca no tecido uma abertura comprida do tamanho da abertura do próprio candeeiro para que ao virar se consiga aceder ao gancho do abatjour.
_ coloque o camarão no tecto onde irá colocar o calendário, deverá deixar distância da parede para que o calendário não toque a mesma.
_ pendure o abatjour e tecido por cima já aberto com uma fita ao camarão.
_ agarre e aperte o tecido com fita por baixo do abatjour com laço.
_ meça o tamanho das cordas que agarram o “balão” ao cesto, colocando-as em cima do balão já pendurado e que caiam de igual modo dos dois lados. veja a altura do cesto que prefere e agarre a corda ao mesmo em igual medida.
. faça o último passo 2x para que caiam 4 cordas agarradas ao cesto, criando uma cruz no topo.
. cole em cada saquinho kraft um número dos autocolantes.
. encha os saquinhos com o que quiser.
. feche com corda encarnada e branca.
. coloque os 24 saquinhos dentro do cesto.
e voilá! está feito e pronto a esvaziar!

Continue Reading

my work | xmas decor

Já há alguns anos que venho aqui a esta casa que me acolhe sempre de braços abertos e com carinho para a preparar para o Natal, aproveitando vários recantos da zona de estar para criar um ambiente 100% natalício. Este ano voltamos em força aos encarnados e verdes recriando quase uma aldeia de ratinhos. 

Um dos pormenores mais giros é sem dúvida a zona de entrada onde coloquei o Calendário de Advento que este ano foi todo um DIY, sem cola claro!

decoração | andreaportugal.pt
O resultado não podia ter sido melhor, claro sempre muito caseiro, mas as miúdas adoraram e já andam a tentar chegar aos saquinhos cheios de coisas pirosas e cor-de-rosa, não fossem elas super girly. Está quase a chegar o dia 1 e vão delirar tenho a certeza com o que vão encontrar neste balão de ar quente pronto a fugir com coisas queridas. Até os ursinhos quiseram agarrar-se para não perder pitada. 
Gostam? Querem fazer um aí em casa? É muito simples, se não fosse eu não fazia já sabem, já de seguida explico em modo básico o processo todo! 
Podem ver outro giríssimo aqui, este ano ainda não fiz o lá de casa, mas estamos quase!

Continue Reading

diy|fvm . coroas de natal

Quem não passa horas a pensar na maneira mais gira, rápida, simples e que não custe um balúrdio para decorar a casa nestes dias mais especiais, como halloween, natal, aniversários, carnaval, páscoa, e sei lá… eu passo muito tempo nisso sim, nem todos consigo dedicar-me totalmente, ás vezes também depende do que vamos de facto fazer porque se o natal não for em no sua casa também é mais difícil pôr-me ali a encher as paredes para depois ninguém as ver…

Este ano, por não passarmos a consoada em casa, decidi só fazer um centro de mesa, que acabei por não fotografar, mas com uma amiga decoramos a casa dela para um jantar natalício e criar uma decoração que não fosse só de natal, mas que fosse também de inverno e que pudesse passar o ano novo sem parecer datada.

O mote foi mesmo a árvore de Natal desta casa que já por si tinha apenas tons verde de pinheiro, dourado, branco cru e um rosa muito pálido… um amor e tão clarinha contrastando com os vermelhos habituais. Assim a parede de lado, já com as duas asas lindas douradas na parede ganhou uma coroa em tons dourados, verdes e rosa pálido e ganhou imensa vida.

Tínhamos ainda duas paredes para decorar, uma associada à mesa de jantar e outra na sala, de frente para a árvore onde os tons podiam continuar no antedato já ligando à tal parede do jantar… sendo assim optámos por colocar em cima da lareira um “ramo solto”, ou seja, sem coroa, mas apenas um ramo enorme de pinheirinho misturado com flores pequenas selvagens que usámos na coroa da asas para lhe dar cor sem ofuscar o lindíssimo painel de quatro imagens de natal apoiado sobre a lareira… o ramo solto deu à parede decoração, estrutura e um pormenor lindo! Sem dúvida a minha parte preferida de toda a decoração.

Já na parede da mesa de jantar optámos por tons mais natalícios, encarnado e verde, usando também uns mini pinheiros lindos de morrer apenas enfeitamos com papel kraft e um laço encarnado da mesma fita usada para forrar o hoola-hoop, sim, leram bem! um hoola-hoop da coroa da parede, também este decorado apenas com pinheiro e flores selvagens e mini encarnadas. A textura é incrível!

O dia deste post é mesmo esse, tornar um simples hoola-hoop, disponível em tantos sítios, sendo estes da Decathlon, forrados a fita a toda a volta do tom mais importante, neste caso um dourado e um encarnado, sem muito brilho para não ofuscar e depois sim completo com as folhagens que quisermos.

Para as plantas recorremos à florista já conhecida do Mercado da Ribeira, que nos atende sempre tão bem, conhece tudo e quase que nos lê a mente quando tentamos explicar coisas para as quais não temos nomes. Tratou de nós com mimo e paciência e saímos de lá sem desperdícios, nem excessos, tudo foi usado e tudo criou o efeito que tenhamos imaginado. Que acham? Como fizeram as vossas decorações de Natal?

Continue Reading

this xmas…

things i’ve learned this xmas… 
i’ve learned that though i believe children shouldn’t have millions of presents, i absolutely love their smiles when they open so many!
i’ve learned that though we shouldn’t spoil them, others will and i have to let them enjoy it
i’ve learned that though i spend all year controlling their sugar levels, i shouldn’t on xmas
i’ve learned that though xmas is much more than presents under the tree, there i no describing how happy i get with their gifts
i’ve learned that because times are harder we shouln’t always feel scared of the future for these boys live on our smiles and we have to make it perfect
i’ve learned that because these boys are so lucky and so spoiled i am able to put aside every year a few toys in great condition for other kids. 
i’ve learned that i am no longer in posession of the tv on xmas day from this year on…
i’ve learned that we are happy and they love us because we make a few dreams come true… theirs, ours and other children who will smile too.

Continue Reading
Close Menu
×
×

Cart