tra.pé.zio | #Ttalk . MINIMALISMO

É já esta próxima 4f que fazemos mais um #Ttalk aqui no #trapeziocowork e o tema não podia ser mais actual. Convidámos a querida Ana Couceiro Pires para nos falar deste novo mas tão preciso movimento do MINIMALISMO, e como podemos de facto ser mais feliz com menos.

“Todos queremos ser mais felizes mas muitas vezes não sabemos por onde começar.

Vivemos numa bolha de stress, estamos cansados, cada vez mais ansiosos e angustiados. Os investigadores afirmam que este é o resultado de uma sociedade contemporânea onde o consumismo é muitas vezes vendido como felicidade. Vivemos sob um estado de consumismo frenético capaz de nos trazer alguma felicidade momentânea, mas que depois nos deixa uma enorme sensação de vazio e descontentamento.

Foi precisamente em resposta a estas emoções de desgaste e depressão que nasceu o movimento do Minimalismo. Sob o lema menos é mais, o Minimalismo ajuda-nos a priorizar e simplificar a nossa vida.

Podemos encará-lo como um movimento, mas na verdade este torna-se rapidamente numa forma de estar.

A ideia do minimalismo é começamos por questionar onde encontramos a nossa felicidade e como podemos acrescentar valor à nossa vida. Ao respondermos com sinceridade a estas questões, conseguimos criar uma visão clara de quem somos e do que queremos e rapidamente perceber o que nos é essencial e o que está em excesso na nossa vida.

Com um mindset mais simples e leve, a ideia de eliminar o excesso – de coisas, emoções e relacionamentos – torna-se libertadora. É com este exercício de auto-análise que o minimalismo se torna mais evidente: podemos viver mais – mais felizes, mais conscientes, mais calmos – se tivermos menos. E é com esta máxima – menos é mais – que começamos a aproveitar e entender todos os nossos espaços: físicos, mentais e até digitais.

Acredito que o minimalismo é o ponto de partida para uma nova vida mais organizada, consciente, calma e feliz.

E para nos deliciar com um pequeno almoço óptimo, vamos ter a mesa posta com o LOCAL Your Healthy Kitchen! Não percam, inscrevam-se já: andrea@andreaportugal.pt

Continue Reading

tra.pé.zio | #Ttalk . mãe, mulher, profissional, onde fica o desejo sexual

Aconteceu o mês passado mais um #ttalk, este num modelo diferente, mais intimista, não fosse o tema mais pessoal, mais intimidador e ao mesmo tempo tão libertador. O grupo, mais pequeno, foi coeso e tão interessante.

Recebemos a Psicóloga e Sexóloga Clínica, Marta Xavier Cuntim, que nos ajudou a perceber e connosco nos levou num discurso tranquilo, esclarecedor no mundo que é toda esta pressão que nós mulheres, nos colocamos em cima quando temos e nos exigem que cheguemos a tudo e sempre da melhor maneira possível.

Catering fornecido por Maria Granel e It’s Up to you . com uma mesa, minha, linda decorada para o tema cheia de encarnados, verdes e sabores mais picantes!

Foi muito interessante perceber como tanto do que achamos ser necessidade, é mito, e tanto é exigência nossa. No entanto, foi importante saber que apesar de tudo, o desejo sexual, mesmo que pareça “tarefa” pode estar só adormecido e nem por isso posto de parte. Ele existe sempre, é só preciso acorda-lo!

“No meio da azáfama do dia-a-dia a sensação que fica é que estamos sempre sem tempo para nada. Na hora de escolher o que se faz e o que fica por fazer o que acaba por se adiar é sempre aquilo que não tem impacto no imediato, e o desejo acaba por ficar para segundo plano. Os miúdos, os lanches, as roupas, a preparação da reunião, os almoços e jantares… tudo é importante.” diz Marta Cuntim

“As relações sexuais são fundamentais para a vida do casal, trazem intimidade e estabilidade, ajudam na compreensão e tolerância, diminuem a margem de dúvida. Os benefícios das relações sexuais são de conhecimento geral, mas deixo-lhe aqui alguns que podem ajudar na sua gestão diária:

  • Melhora o sono: o orgasmo potencia uma sensação de relaxamento que faz com que durma melhor. Esta reação tem um efeito prolongado, devido a ação dos neurotransmissores que passam a atuar com mais regularidade e em maior quantidade.
  • Diminui o stress:  uma vez que, no contexto da relação sexual, a hormona Cortisol está presente em menor quantidade, potenciando uma sensação de calma e bem-estar.
  • Diminui a dor: durante o sexo, e acima de tudo durante o orgasmo, o nosso corpo produz endorfina, a hormona responsável por aliviar a sensação de dor.

Quando tiverem tanto que fazer, pensem duas vezes no que realmente fazer e no que realmente faz falta!

Se quiserem saber mais sobre as próximas #Ttalks, ou #Trapéziotalks vejam aqui!

e claro, tenho sempre comigo as minhas companheiras nesta viagem: catariana beato e raquel fortes

A próxima é já esta 4f, dia 26 de junho, 10-13h sobre: MINIMALISMO!

Continue Reading

tra.pé.zio | #Ttalk . saber ler os números

Foi com imenso orgulho que fizémos mais um Ttalk, neste mês de maio, com mais uma mesa colorida e feita cheia de amor por tantas pessoas queridas. 
 
O tema desta edição foi “Saber Ler os Números” e que tema, para mangas claro, se desse estávamos aqui horas a fio, mas no tempo que dedicamos aos temas, também sabemos que há tempo para expôr o tema, há questões, há dúvidas sobre determinados assuntos. Os números não são tudo nas redes, mas são uma grande parte que podem num segundo fazer um bicho de sete cabeças de uma coisa simples. 

Sendo o tema mais técnico houve espaço para claramente darmos a volta aos números todos, tim tim por tim tim, de cada rede social, focando mais a atenção para o facebook e instagram, não fossem as redes sociais do momento.

Passámos os olhos também pelos site e blogs de quem participou de modo a simplificar a análise aos mesmos.

Nas Ttalks (conversas do trapézio) há sempre duas coisas que não falham, uma mesa decorada e um catering delicioso, é o cartão de visita destes nossos momentos. Queremos que ao entrar se sintam logo parte de um grupo, de um espaço e de um momento único.

Em conversa aprende-se imenso, e nós as três, eu, a Catarina e a Raquel, mesmo sendo as oradoras, as promotoras do evento, saímos de cada conversa mais ricas.

O catering foi trazido pela Joana Trigueiros, delicioso como nunca e o bolo de chocolate, super saudável, encheu-nos as medidas, queríamos mais todos os dias! A Raquel trouxe os dois húmus óptimos e um smoothie como só ela faz, cheio de nutrientes e saúde!

A Horta do Bairro ajudou nos produtos frescos, frutas, verduras que não só são deliciosos como lindos e que completaram muito bem a decoração!

A quem veio conversar connosco, muito obrigada pela companhia, pelas questões que nos puseram todas a pensar e racicionar cobre um tema que parece já definido mas que muda a toda a hora e que de uma maneira ou outra faz parte do nosso trabalho.

A todas as presentes, obrigada:

marta piteira

. margarida spínola

. ana couceiro pires

. teresa perdigão

. joana trigueiros

e claro, às minhas companheiras nesta viagem: catariana beato e raquel fortes

Podem ver as datas e temas dos próximos #Ttalks, aqui!

Continue Reading

tra.pé.zio | #Ttalk . fotografia no instagram

Há um mês deu-se a edição de Ttalks sobre Fotografia no Instagram, tema este que me é muito querido e necessário, hoje em dia. Fotografia é, para mim tão importante como o que se escreve. Numa imagem podem estar já mil palavras ou emoções, e o poder de transmitir tanto num quadradinho, como é o caso do Instagram é interessantíssimo. 
 
Nesta conversa reuniram-se caso tão diferentes de como usam a fotografia nas suas redes sociais, umas mais impulsivas que outras, uma (eu) mais metódica que o resto do mundo, umas mais preocupadas em seguir um raciocínio, outras mais decididas no que publicam. Modos tão diferentes, mas tão importantes no percurso e método de cada perfil do instagram. Todos acima de tudo, válidos. 

Foi com imenso gosto que recebemos um novo grupo de pessoas interessantes, cheias de ideias no nosso espaço Tra.pé.zio, para não falar da deliciosa comidinha boa da Fabiana do The Food for Real que nos encheu a mesa e a alma de boa disposição. 

A partilha faz parte destas conversas e apesar de querermos guiar um pouco o assunto com as nossas próprias vivências, parte de mim gostaria apenas de ouvir e assimilar tudo o que é dito nestas três horas e todos os pequenos truques e conselhos que vão sendo partilhados por todas. 

Obrigada a todas pela presença e pelo carinho, não tarda há mais um Ttalk e estas imagens da Inês (a.k.a. yellow savages) mostram tão bem o ambiente bom e emocionante que se vivem por aqui.  

A todas as presentes, obrigada:

mariana horgan

pumpkin

old goes chic

joana trigueiros

the food for real

slow mãe

yellow savages

avocato and soul

mother’s mind

e claro, às minhas companheiras nesta viagem: catariana beato e raquel fortes

Continue Reading
Close Menu
×
×

Cart