let’s party | harry potter

Há temas de festas e depois há TEMAS de festa. Já lá vai o tempo em que eu é que decidia cá em casa que festa iria ser, desde que houvesse bolo, amigos e barulho eles alinhavam… até aos três decidi eu, a partir daí foi tentar que não pedissem coisas demasiado elaboradas e que envolvessem cola… já sabem que não somos amiga, eu e a cola.

O ano começou com os manos a pedirem outra festa “star wars” e eu até relaxei porque é tema que tem tralha para mil festas, não me cansa porque também eu sou fã da saga, deixei estar… até que em abril me lembrei de voltar a perguntar e qual não é o meu espanto quando me pedem os dois uma festa 2harry potter”, até perguntei se sabiam quem era ao qual me respondem praticamente em resumo do primeiro filme… de outra saga. Maldita a hora em que lhes meti a ver os filmes para se habituarem às legendas e terem acesso ao inglês sem ser só o básico… sou feita pensei eu!
Voltei a ver os primeiros três filmes… não sou muito fã mas percebo que nos primeiros três pelo menos há imenso pormenor que dá para transformar em prop de festa. Mal sabia eu que estou circundada de verdadeiros fãs e de amigas que sabem tudo e mais alguma coisa sobre o personagem, sobre  ambiente e detalhes que só mesmo quem viu tudo de trás para a frente.

Tive que voltar a ver o filme, fazer uma pesquisa, usar o pinterest como salva-vidas! E apesar do mini avc que tive quando percebi que não tinha muito tempo para fazer tudo aquilo que eu achava que a festa devia ter, para além de me desdobrar e delegar alguns pormenores, fiz maratona nesta cidade à procura de peças que completassem o conjunto. Desde ir buscar fatos de carnaval, ir a feiras de velharias, percorrer três tigers à procura de peças diferentes, encontrar os óculos perfeitos só em carcavelos, arranjar os feltros dos tons perfeitos, imprimir um lençol de tijolos desenhados à mão, combinar o lanche com os tons da festa, sim só eu, foi uma correria que valeu a pena e que me enche de orgulho. Com esta festa consegui criar um kit perfeito para uma festa Harry Potter mesmo gira que tem imenso por onde ver, e lembrar a história que tem uma geração, não a minha parece, inteira completamente fanática! Vi mais miúdas a vibrar com isto do que propriamente os rapazes que embora saibam tudo ao pormenor acham mais piada aos truques de magia que propriamente ao detalhe das velas em forma de candelabro… mas enfim… o que é certo é que não sobrou uma migalha de nada, todos adoraram e mais giro ainda é que ganhei um prémio de mãe fixe ao final do dia!

festa harry potter | party planning e decor | andrea
pormenores:
velas | tiger
garrafa | tiger
guardanapos e pratos | docinho de açúcar
óculos harry | docinho de açúcar

Mais uma etapa, mais um ano, meus crescidos e que crescidos. Que seja sempre assim, conseguir dar-vos mais um motivo para sorrir mesmo que não durma umas noites!

Continue Reading

it’s my birthday | 37

mini sessão . seis anos e vinte e oito semanas | mariana megre fotografia 

que seja o único ano em que partilho o meu dia de anos com outras pessoas… e que se o deva fazer que seja só e apenas convosco, os meus três pequenos homens. há quanto tempo andávamos à espera que eu estivesse bem disposta para passarmos uma manhã com a mariana, a fazer a nossa sessão anual dos manos… este ano em maio foi quase impossível, tentámos mas os meus enjoos e aquele tempo sinistro entre chuva, vento e nuvens cinzentas fizeram com que a vontade faltasse e o entusiasmo fugisse do nosso controlo… lá nos rendemos e esperámos que o verão passasse para descobrir que afinal o que nós queríamos era uma barrigudinha já notável, dois manos já a saber ler e um dia de outono que mais parecia pleno verão. e que bom que soube sair de casa pela fresquinha, ir ao maat sem filas, antes da cidade acordar e ver o rio, assim como se ainda ninguém o tivesse descoberto nem que soubesse que havia parte da cidade tão espectacular como esta.

calor, arquitectura, lisboa, rio tejo, manos, barriga e uma mãe bem disposta!

e hoje faço anos.

o que eu adoro fazer anos. de há uns anos para cá que neste dia preciso ser mimada preciso de me ver como os outros me veêm e quem melhor do que usa máquinas fotográficas e faz parar o tempo durante uns momentos. que magnífico presente receber logo de manhã estas imagens, ver-nos juntos, saber que vem aí mais um e que eu nunca estive tão bem acompanhada. as cores, os sorrisos, o tom, o calor, já não estamos bronzeados mas o branco faz-nos bem, que morenos que eles são, que crescidos, que miúdos queridos de sua mãe… e que vontade de vos ver com o mano nos braços, ao colo e a chamar por vocês.

e eu hoje faço anos…

grávida como há seis anos, mais cansada, mais needy de mimos sejam eles de chocolate ou de mozzarella ou de colo, mas pronta para o próximo ano. vai ser um ano diferente, mas eu continuo igual… nos meus anos acho sempre que estou bem, olho para o que se passou e apesar de tudo, tenha sido triste, estranho, difícil, gratificante, feliz ou alegre ,precisa de análise e chegar a este dia com um sorriso na cara e dizer, valeu a pena.

o balanço entre ser andrea, mulher, mãe, profissional, empreendedora é dos mais difíceis que já vivi, e no entanto já não sei o que é ser apenas uma destas coisas, tudo faz sentido assim, talvez seja demais, talvez pudesse ser menos mas não o saberia ser nem o quereria ser. não sou eu se não for assim. tenho desejos para mim mesma todos os anos, o balanço é feito agora, é perceber que apesar dos medos, ansiedades e reticências tudo o que faço o faço em pleno, a cem por cento e confiante que disso tirarei o que me levará em frente. não gosto de me martirizar, escolhi esta profissão, escolhi este trabalho, escolhi estes filhos, esta casa, este bairro, este país, este percurso e é aqui que eu quero estar e é aqui que eu serei em pleno, eu. a minha vida já deu voltas, daquelas de que nos viram do avesso e que boas voltas essas foram. tudo o que sou, fui eu que o escolhi para mim… mesmo que algumas voltas tenham vindo por surpresa, vieram porque eu assim permiti.

que eu saiba sempre manter o equilíbrio, que eu saiba sempre parar e respirar fundo, que eu saiba sempre ver o que tenho de bom acima do que tenho de menos bom… que eu nunca esqueça o que aqui me trouxe e o que daqui levo.

eu hoje faço anos e estou bem.

Continue Reading

it’s my birthday | 37

mini sessão . seis anos e vinte e oito semanas | mariana megre fotografia 

que seja o único ano em que partilho o meu dia de anos com outras pessoas… e que se o deva fazer que seja só e apenas convosco, os meus três pequenos homens. há quanto tempo andávamos à espera que eu estivesse bem disposta para passarmos uma manhã com a mariana, a fazer a nossa sessão anual dos manos… este ano em maio foi quase impossível, tentámos mas os meus enjoos e aquele tempo sinistro entre chuva, vento e nuvens cinzentas fizeram com que a vontade faltasse e o entusiasmo fugisse do nosso controlo… lá nos rendemos e esperámos que o verão passasse para descobrir que afinal o que nós queríamos era uma barrigudinha já notável, dois manos já a saber ler e um dia de outono que mais parecia pleno verão. e que bom que soube sair de casa pela fresquinha, ir ao maat sem filas, antes da cidade acordar e ver o rio, assim como se ainda ninguém o tivesse descoberto nem que soubesse que havia parte da cidade tão espectacular como esta.

calor, arquitectura, lisboa, rio tejo, manos, barriga e uma mãe bem disposta!

e hoje faço anos.

o que eu adoro fazer anos. de há uns anos para cá que neste dia preciso ser mimada preciso de me ver como os outros me veêm e quem melhor do que usa máquinas fotográficas e faz parar o tempo durante uns momentos. que magnífico presente receber logo de manhã estas imagens, ver-nos juntos, saber que vem aí mais um e que eu nunca estive tão bem acompanhada. as cores, os sorrisos, o tom, o calor, já não estamos bronzeados mas o branco faz-nos bem, que morenos que eles são, que crescidos, que miúdos queridos de sua mãe… e que vontade de vos ver com o mano nos braços, ao colo e a chamar por vocês.

e eu hoje faço anos…

grávida como há seis anos, mais cansada, mais needy de mimos sejam eles de chocolate ou de mozzarella ou de colo, mas pronta para o próximo ano. vai ser um ano diferente, mas eu continuo igual… nos meus anos acho sempre que estou bem, olho para o que se passou e apesar de tudo, tenha sido triste, estranho, difícil, gratificante, feliz ou alegre ,precisa de análise e chegar a este dia com um sorriso na cara e dizer, valeu a pena.

o balanço entre ser andrea, mulher, mãe, profissional, empreendedora é dos mais difíceis que já vivi, e no entanto já não sei o que é ser apenas uma destas coisas, tudo faz sentido assim, talvez seja demais, talvez pudesse ser menos mas não o saberia ser nem o quereria ser. não sou eu se não for assim. tenho desejos para mim mesma todos os anos, o balanço é feito agora, é perceber que apesar dos medos, ansiedades e reticências tudo o que faço o faço em pleno, a cem por cento e confiante que disso tirarei o que me levará em frente. não gosto de me martirizar, escolhi esta profissão, escolhi este trabalho, escolhi estes filhos, esta casa, este bairro, este país, este percurso e é aqui que eu quero estar e é aqui que eu serei em pleno, eu. a minha vida já deu voltas, daquelas de que nos viram do avesso e que boas voltas essas foram. tudo o que sou, fui eu que o escolhi para mim… mesmo que algumas voltas tenham vindo por surpresa, vieram porque eu assim permiti.

que eu saiba sempre manter o equilíbrio, que eu saiba sempre parar e respirar fundo, que eu saiba sempre ver o que tenho de bom acima do que tenho de menos bom… que eu nunca esqueça o que aqui me trouxe e o que daqui levo.

eu hoje faço anos e estou bem.

Continue Reading
Close Menu
×
×

Cart