where to eat | doló

Um dia passei à porta e adorei o que vi, um espaço soalheiro, amarelo torrado, azulejo de padrão lindo, montra cheia de bolos e croissants estaladiços, pão de ló fresquinho e tantas sobremesas prontas a levar para casa.
Abriu em Setembro e já é um sucesso, entrar aqui é certo que se seja bem atendido, ambiente super acolhedor e um cheirinho perfeito de coisas boas a sair do forno. E o café… just like I like it! 

Há uma lista enorme de possibilidades de encomendas, salgados ou doces e se eu tivesse uma foto mostrava-vos uma fotografia da magnífica pavlova que a Joana faz… para além de maravilhosa de boa, é linda! E eu adoro pavlova… mas este pão de ló é qualquer coisa! 

A Doló na verdade identifica-se ocmo Casa de Chá, e que chás! Tem mil e uma opções e sabores para tomar com um scone ou rolos de chocolate, yum, ou melhor ainda levar uma caixa e disfrutar no conforto de casa. Há tantas por odne escolher e para oferecer. 

Quando puderem entrem, disfrutem e fiquem um bocado, também há almoços divinais. Tudo caseirinho e fresco, tenh oa certeza que vão adorar!

doló casa de chá . rua santo antónio à estrela 136, lisboa | facebook . instagram

Continue Reading

where to shop | maria do mar

Parte da minha pesquisa deste ano para presentes de Natal, antes de eu achar que ia ficar sem festejos e teria que atrasar tudo até a saúde voltar cá para casa, passou por aqui! 
A loja Maria do Mar surpreendeu, e bem! Um espaço diferente, mais industrial mas cheio de ternura. Ao entrar sentimos o frio dos pés direitos altíssimos, mas o quente dos materiais usados na decoração da loja. Cheia de camas, berços, edredons, mantinhas e pormenores aconchegantes para os babies lá de casa, este espaço tem mil e um produtos por onde perder a cabeça, escolhidos a dedo e marcas giríssimas que hoje em dia se dedicam a 100% ao conforto, à originalidade e detalhe de cada peça. Para não falar dos milhares de brinquedos e jogos de madeira , super didáticos, modernos e giros que tem. 
É que até os contadores, ou tomadas ficam perfeitos no meio de peluches e peças de homewear. 

  

As escolhas são infinitas e embora agora já não vá a tempo de comprar presentes de Natal, o ano está cheio de aniversários de miúdos e sobrinhos e principalmente e bebés a caminho! Uma excelente mareira de passar um momento entre coisas queridas. 

Tenham apenas cuidado com uma coisa, é possível sair daqui a querer mais filhos! E eu então… mais filhas!

E se achavam que esta loja se dedicava apenas aos mais pequeninos, enganam-se, nós, adultas, mães, mulheres também podemos perder a cabeça e de que maneira perguntam? Eu perdi ao ver as agendas e cadernos que é coisa para eu ir ao médico ver se trato esta minha obcessão por objectos de escritórios. E a lindíssima bicicleta? Para além de linhas perfeitas e super ocnfortável, a cor… ai a cor desta bicicleta! 
maria do mar . rua acácio paiva 74, lisboa | site . facebook . instagram

Continue Reading

where to eat | benjamin

Sítios que nos confortam são os meus preferidos, sem pretensões de serem o que não são e serem muito mais do que aparentam. Simples, pequeno, cosy e fresco. Gosto de ter vontade de experimentar novos sítios de pequenos-almoços sem quase ter ideia do que lá vou encontrar… o nome é-me familiar, tenho várias pessoas espalhadas pelo mundo, por quem tenho um carinho especial com este nome, e de alguma forma parece que conheço. 

Chegar aqui e cheirar logo croissants fresquinhos e tão estaladiços, ovos bem feitos, salada bem temperada e um cappuccino denso e muito bom. A Benjamin Coffee House na verdade é muito mais do que uma simples cafetaria, café ou restaurante… também é uma escola. Aqui podem aprender desde o simples tirar café, à arte de bem fazer café! Tudo com base no café moído localmente na loja. Fazem consultoria es ensinam quem quiser a perceber melhor o café como ingrediente e como o usar da melhor forma… estou a pensar que isto seria a minha cara!

Benjamin coffee house . rua do possolo 52 | site. facebook . instagram
Continue Reading

where to shop | wetani.lx

andreaportugal.pt
Quem nunca teve uma Tia Celeste que a compre. Foi a pessoa que me ensinou a nunca deitar fora logo e guardar até ver. Por ela, eu teria que viver num palácio para ter espaço para tudo, mas por causa dela o que guardo também tem um propósito, uma memória, um objectivo. “Não é o meu mo que guardar lixo”, é guardar o que nos faz bem. 
Na Wetani. a sensação é de memórias, das boas, das conversas longas, das recordações, no entanto é uma loja, não a casa cheia da minha Tia Celeste. 

andreaportugal.pt
Dos antigos serviços técnicos de algo que já não me lembro saiu um espaço que mantém em quase todos os recantos parte da sua história. Recebe o novo sem quase tocar no velho. 
É preciso olho para saber o que está à venda e no entanto apetece levar tudo, mas só se vier com as paredes. Havendo mesas e cadeiras era aqui que eu queria tomar chá. 

andreaportugal.pt
wetani.lx | rua de são paulo 71 a/b lisboa | facebook . instagram
Marcas portuguesas com vontade de manter tradições e costumes, trazendo novo sangue ao bairro da Bica e turistas que também procuram a nossa história. A Wetani ajuda e que bom que é perder-se aqui. 
Continue Reading

where to eat | comida independente

andreaportugal.pt
Trouxeram-me aqui por causa do balcão, andava há uns tempos a quero procurar pela cidade quem tivesse retomado e reinventado um determinado material, o terrazzo, ou em português, a marmorite. Um material muito associado a décadas passadas, mas que tem algo de único, parece um aglomerado de restos e no entanto tem quase uma potência de obra de arte numa só peça. 
Se antes o usávamos apenas para pavimentos, hoje em dia, temos uma panóplia de oportunidades para o usar. Este particularmente, e embora eu goste mais quando têm “restos” maiores, é sem dúvida espectacular. Feito à mão, com restos de vidro e pedra, o que lhe confere uma textura única e muito apetecível ao toque.
andreaportugal.pt
Entrar é como ser convidado a ter uma experiência num conceito diferente de mercearia, de restaurante, de bar. Vim para ver a marmoreie e acabei por querer ficar horas ali na conversa e a experimentar cada queijo, cada presunto e até cada vinho, não fosse eu daquelas chatas que não bebe. Mas com os miúdos atrás também não era o momento. Perguntei sobre tudo, dei a volta ao espaço a querer não sair dali. 
andreaportugal.pt
andreaportugal.pt
Num mesmo espaço ter acesso a tudo o que pode tornar um momento de convívio num verdadeiro banquete de emoções ao paladar. Não próprios para vegans, tanto em voga e tanto “in our faces” saber que há cuidado ao fazer queijos, ao tratar de carnes frias e de que há sempre um bom vinho para acompanhar cada dentada e cada sabor. E porque não acabar o momento degustativo e levar para casa um excelente pão caseiro e uns legumes frescos e da horta ali do lado. 
andreaportugal.pt

 

andreaportugal.pt
comida independente | rua cais do tojo 28 . lisboa | site | facebook | instagram
Que boas surpresas tem esta cidade, numa esquina quase esquecida que não tarda ganhará outra vida, mas que guarda uma experiência diferente e sem dúvida deliciosa! 

Continue Reading

where to eat | l’anisette

aqui no bairro já a conhecem todos, veios para ficar o francês que decidiu abrir um lugar pequeninos na rua de são bento, mas que serve um mundo de coisas. entre elas, um dos melhores café da zona, que ultimamente peca por querer parecer o que não é, e claro está, um dos melhores croissants de sempre. não vou mentir, começam a ser muitos os sítios onde os encontrar, mesmo bons, mas há uns que nos fazem desviar trajecto e este merece isso. 

aqui há de tudo um pouco, desde a pequenos-almoços aos hambúrgueres maravilhosos e sanduíches de nos babarmos. há meias-leite perfeitas e granosa para levar. há bolos que parecem bin-bons e coisas que não sei o que são mas que devem ser deliciosas. mais o tal, o croissant que mais vale comer logo dois, não vá uma pessoa ir de licença e por causa de uma coisa ou outra não conseguir lá voltar tão cedo!!! 

l’anisette | sitefacebook 
Continue Reading

agosto | nel blu dipinto di blu

as nossas férias em família não podem ser lembradas sem pensar na cor azul, porque o azul esteve sempre connosco. no céu, no mar, na roupa, no lago, sempre ali, lindo de morrer… fosse na Puglia ou em Lisboa, sempre presente. esta semana mostro as nossas férias em itália em detalhe.
.
can’t really describe my summer without the color blue. it was everywhere and i absolutely loved it. sky, sea, clothes, lake, whatever it was there… be it in Puglia or Lisbon, it is an amazing color. this was my month of august and this week i’ll show a bit of our holiday in italy in detail.
.
perché dal niente mi hanno chiesto di scrivere anche in italiano, qui sul blog, ci proveró, non prometendo che le doppie sianno sempre al posto giusto, ormai, dopo dodici anni ho poca speranza di riuscire… comunque, vi lascio il nostro mese di agosto, dipinto di blu. cosi stupendo come colore, sia in Puglia o Lisbona, sul cielo, nel mare, sui vestiti o al lago… bello come solo il blu.
Continue Reading
Close Menu
×
×

Cart