let’s party | um ano da carminho

A Carminho fez 1 ano! Lembram-se dessa emoção? De festejar o primeiro aniversário do primeiro filho?

E quem ainda está por celebrar este momento? Contem-me tudo!

Eu lembro-me bem, da sensação de “conseguimos”, não pelas dificuldades, que apesar de ter tido gémeos, tivémos um ano traqnuilo e cheio de coisas boas. Mas de conquistas! Lembro-me de festejar como se do meu próprio aniversário se tratasse e com eles queria festejar também… talvez bem mais que eles!

Quando a Margarida me pediu que fizesse a festa da Carminho percebi logo aquela ternura do tal primeiro dia de festa apenas pela voz, pela vontade de criar um momento entre família e amigos, que celebrasse este feito juntos!

Como todas as pessoas que vêm ter comigo para um evento, têm algumas ideias já em mente e eu adoro ouvir e saber o que gostam, às vezes quando nos deixam soltas para fazermos o que queremos é mais assustador. A Margarida pediu tons pastel, flores e “não muito rosa”.

De flores nem foi preciso pedir, hoje em dia uso-as em tudo e cada evento fica diferente, único mesmo. Desenhei os pormenores gráficos sem exageros, mas o rosa… ai o rosa… inssisti um bocadinho confesso, mas ainda bem!

O espaço permitiu usarmos o rosa nos seus tons mais naturais, usando rosas de santa teresinha, abertas e em botão, peónias, que apesar de já não estarem na sua época, conseguimos umas abertas e um botões perfeitos de tons lindos e variados.

Tive a preciosa ajuda da cliente e da sua mãe, que meteram mãos à obra e me receberam com arranjos de flores lindos aos quais acrescentei mais uns e que se misturaram na perfeição com tudo o que tinha imaginado e planeado.

O resultado é o que veêm, um mix de tantas texturas diferentes de flores e folhagens, uma mesa carregada de verdes e apontamentos pelo terraço de modo a sentir a festa um pouco por todo o lado.

Falar da festa da Carminho e não falar deste bolo magnífico é impensável. Foi a surpresa do dia! Tenho várias colaboradoras para fazer bolos ou qualquer parte de catering, coisa em que apenas me meto em sugestão, prefiro delegar esse departamento a quem melhor sabe o que faz e tenho tido excelentes colaborações!

Para este momento escolhi a Sweet Cakes que me trouxe o bolo “naked” branco impecável, de cenoura, delicioso by the way! No qual meti o meu cunho personalizado… decorá-lo com flores, que usei na festa toda, para lhe conferirem um mood igual a todo o espaço, mas mais delicado.

Usei apensas as flores mais perfeitinhas e não enormes, aproveitando todos os botões das peónias e das rosas de santa teresinha.

Aqui também contei com a Margarida, que feliz por meter as mãos na massa me foi ajudando a escolher as melhores flores para criar este bolos lindo!

Modéstia à parte, acho que ficou lindo de morrer e perfeitinho. A base decorada por completo, já o andar de cima apenas um terço, para não ficar demasiado cheio e assim respirasse no meio de tanta flor.

Super satisfeita com o resultado final!

O kit gráfico desta festa já está disponível na loja, desde que o publiquei aqui, já os pedidos têm entrado e já há festas em Setembro marcadas para eu lá ir meter o dedo!

Gostaram? Se quiserem ajuda num festa qualquer lá em casa, ou sugestões e dicas, é num instante que vos ajudo!

Continue Reading

baby v is one | festa da floresta

we’re back! finalmente festejámos o que devia ter sido festejado em grande há dez dias, mas por ocasião de uns diazitos no hospital, foi adiado… nonetheless, aqui estamos nós! foi uma excelente festa, só família, padrinhos e sobrinhos e de repente tínhamos a casa cheia!
Esta festa foi especial por mil razões, e tive uma mega ajuda, os manos mais crescidos, que já não gostam de ser fotografados, ajudaram imenso e foram super importantes neste processo… eu ando meio cansada e eles perceberam que mais dois pares de mãos seriam super bem vindos! 
Resultado final! Adoro, sou suspeita, mas adoro!!
Scones caseiros, quentinhos com compotas e manteiga fresca. 

E este bolo? Como não pude planear muito decidi não mandar fazer, decidi fazer eu. Queria um bolo simples e que o V pudesse comer também, com 1 ano eu aproveito logo a deixa, podem comer de tudo! O creme é creme de baunilha, e a combinação foi perfeita, não sobrou nem uma migalha, sinal de que não só a casa estava cheia, mas que devia estar bom!
O tema: floresta. 
O kit gráfico inclui: nome personalizado, idade personalizada, bandeirolas, etiquetas, quadro, bolo topper
Decoração: para cada festa é pensada consoante o que preferirem. Toda a decoração desta festa pode ser reproduzida na totalidade. Falem comigo! 
Continue Reading

festa | índios

tenho mais uma festa para vos mostrar, também já não é de agora, mas quando a Carlota pediu uma festa de índios pus-me logo a tratar do assunto. o pedido era mais gráfico do que outra coisa, a festa era ao ar livre e queriam tomar partido disso mesmo, tendo algumas peças de gráfica.

podem ver mais fotografias aqui e para qualquer festa é possível personalizar, alterar cores e fazer ao seu gosto, falem comigo. ficaram ou não ficaram um amor estas penas queridas?! 
Continue Reading

festa | índios

tenho mais uma festa para vos mostrar, também já não é de agora, mas quando a Carlota pediu uma festa de índios pus-me logo a tratar do assunto. o pedido era mais gráfico do que outra coisa, a festa era ao ar livre e queriam tomar partido disso mesmo, tendo algumas peças de gráfica.

podem ver mais fotografias aqui e para qualquer festa é possível personalizar, alterar cores e fazer ao seu gosto, falem comigo. ficaram ou não ficaram um amor estas penas queridas?! 
Continue Reading

festa | limonada

1.bolo | 2.limonada | 3. saquinhos | 4. gráfica | 5.balão
Era mesmo disto que eu precisava, voltar aqui e ver coisas queridas, leves, frescas e minhas. E nada como uma festa de limões para me aliviar logo a semana inteira! 
Esta festa já tem alguns anos, mas foi-me muito querida e pedida pelo meu sobrinho Manuel que aos dois anos mal falada e no entanto a palavra LIMÃO servia para tudo e mais alguma coisa. Tanto a usava para descrever qualquer objecto amarelo, como para substituir a palavra “sim” como também por vezes e com tom zangado dizer “não”. Ora… pareceu-me óbvio que a sua festa tivesse mil e um limões, para que ele soubesse que era sua e só para ele! 
Nunca tinha feito nada com este tema, até porque nem é comum, mas o objectivo das minhas festas é mesmo esse, tentar ao máximo sair do comum e fazer com que o momento seja memorável… ainda hoje há quem fale desta festa, o Manuel claramente nem se lembra, e lembram-se principalmente de que jamais se teriam lembrado de a fazer. 
As cores são simples, amarelo e verde. A partir daí foram mais DIYs que outra coisa. 
O bolo, maravilhoso, com limões em cima foi um sucesso e sem bonecos nem alaridos, foi a peça chave da festa. A gráfica, composta por bandeirola e etiquetas ficou, a meu ver, também muito original porque fazendo apenas limões, folhas e pétalas criou um ambiente muito querido e fácil de entender para crianças tão pequeninas e tão movidas por cores e formas. 
Que acham? Se quiserem usar este tema, por favor digam que tenho os moldes para poderem recriar! 
Continue Reading

festa | limonada

1.bolo | 2.limonada | 3. saquinhos | 4. gráfica | 5.balão
Era mesmo disto que eu precisava, voltar aqui e ver coisas queridas, leves, frescas e minhas. E nada como uma festa de limões para me aliviar logo a semana inteira! 
Esta festa já tem alguns anos, mas foi-me muito querida e pedida pelo meu sobrinho Manuel que aos dois anos mal falada e no entanto a palavra LIMÃO servia para tudo e mais alguma coisa. Tanto a usava para descrever qualquer objecto amarelo, como para substituir a palavra “sim” como também por vezes e com tom zangado dizer “não”. Ora… pareceu-me óbvio que a sua festa tivesse mil e um limões, para que ele soubesse que era sua e só para ele! 
Nunca tinha feito nada com este tema, até porque nem é comum, mas o objectivo das minhas festas é mesmo esse, tentar ao máximo sair do comum e fazer com que o momento seja memorável… ainda hoje há quem fale desta festa, o Manuel claramente nem se lembra, e lembram-se principalmente de que jamais se teriam lembrado de a fazer. 
As cores são simples, amarelo e verde. A partir daí foram mais DIYs que outra coisa. 
O bolo, maravilhoso, com limões em cima foi um sucesso e sem bonecos nem alaridos, foi a peça chave da festa. A gráfica, composta por bandeirola e etiquetas ficou, a meu ver, também muito original porque fazendo apenas limões, folhas e pétalas criou um ambiente muito querido e fácil de entender para crianças tão pequeninas e tão movidas por cores e formas. 
Que acham? Se quiserem usar este tema, por favor digam que tenho os moldes para poderem recriar! 
Continue Reading
Close Menu
×
×

Cart