at work with | amor ás cores

* onde vives? de onde és? | where fo you live? where are you from?
sou de lisboa, nasci em lisboa e aqui vivi. neste momento, vivo a uns 10kms de lisboa, o que me por vezes transtorna… confesso. é longe! | i’m from lisbon, born in lisbon. now i live 10kms away from town and i confess… it upsets me sometimes.

* onde fica a tua loja/atelier? | where is your shop/studio located?
a minha loja fica no bairro mais giro de lisboa, em campo de ourique. | my shop is located in lisbon’s coolest neighborhood, campo de ourique.

* o que vês da tua montra? | what do you see from your shop window?
da minha loja vejo o bairro. o corre, corre que lhe é tão característico. | from our shop window i see busy people running around, the typical life of a neighborhood.

* tomas café de manhã? | do you take coffee in the morning?
SIM!! sempre! sou incapaz de fazer o que quer que seja sem café pela manhã. o meu café, tem que ser um bom café. sou muito exigente a seleccionar o meu café. | YES!! always! i’m uncapable of doing anything without taking my coffee. it has to be good. i’m very demanding in selecting my coffee.

* tens algum ritual antes de começar a trabalhar? | do you have any rituals before you start working?
o tal café! 😉 mas a primeira coisa que faço, sem dúvida, muitas vezes antes de por os pés no chão, é pensar precisamente no que tenho que fazer. tenho sempre tudo muito presente, embora por vezes não pareça, mas tenho. deixo sempre as crianças na escola e certifico-me que têm tudo para que o dia corra bem. | my coffee! 😉 but usually the actual firts thing i do before my feet hit the ground is, without a doubt, think about what i have to do that day. i always have a clear view of my daily plan, tough it doesn’t seem like it all the time, but i do. i take the children to school and certify that they have everything they need for their days to go well too. 

* o que gostas mais do teu trabalho e o que te põe mais à prova? | what do you love best about your work and what puts you to the test?
gosto de pensar e ver feito. gosta de perceber que sou capaz. gosto de provocar sorrisos e paixões. por vezes não acredito que fui eu. | i love thinking about something and making it. i love knowing that i am capable of doing something. i love receiving smiles. sometimes i can’t believe it was me. 

* como aprendeste a fazer o que fazes? | how did you learn how to do what you do?
tive muitas aulas de costura, mini cursos, muitos workshops, muito faz e desfaz, muitaaa teimosia. | lots of sweing classe, mini.courses and tosn of workshops, a lot of dos and undos, and lots and lots of hardheaded moments. 

* qual é o teu produto preferido? | what your absolute favorite product?
o primeiro de todos, as nossas letras/colares de fimo, as nossas fraldas personalizadas, as nossas tshirts e mais recentes, os nossos colares mais delicados para as meninas princesas. | first of all ,our first ever product, necklaces with pendant letters in fimo paste, our custom made baby swaddles, our tshirts and most recently our adorable and elegant necklaces for little princesses.

* o que é a AmorásCores? | what is AmorásCores?
o AmorásCores, foi um amor que surgiu na praia com os meus dois amores pequeninos. já passaram 5 anos e meio que me pediram para fazer as tais letras de fimo para usarem ao pescoço. do fimo aos tecidos, foi um segundo. hoje o AmorásCores é uma loja no bairro mais giro de lisboa, onde me preocupo em ter coisas divertidas e ir ao encontro daquilo que as “minhas” crianças gostam. roupa e acessórios são o nosso forte. | AmorásCores, was a love affair on a beach with my two little loves. it’s been 5 and a half years since that first moment when they asked for a necklace with their initials. from fimo paste to fabric, it took one second. today AmorásCores is a cute shop in one of lisbon’s coolest neighborhoods, where i worry constantly in having new and fun things, to meet “my” children’s needs and desires. clothes and accessories are our forte. 

e a grande vencedora de um colar lindo da loja da ana, foi a Marta Tiago Tomás!!!! muito parabéns e vai ver que ao vivo são lindos de morrer… resistir é o pior! | por favor contacte a loja através do mail: amorascores@hotmail.com 
Continue Reading

at work with | bond girl

* onde vive? de onde é? como foi aí parar?
lisboeta, onde passei a minha infância. mudei-me para a margem sul ainda adolescente e por aqui fiquei na margem certa da vida :)gosto da margem sul, somos tipo uma família que quem mora aqui gosta de estar aqui. estou perto da praia, seja inverno ou verão passo lá muito tempo. e lisboa fica mesmo aqui ao lado. e gosto de pensar que cada vez que vou a lisboa vou conhecer algo novo, como se fosse turista na minha cidade. gosto de ser turista, seja cá ou lá fora 🙂

* onde fica o atelier?

a bondgirl tem sempre um pé em casa e outro em lisboa. mas a verdade é que a maior parte do tempo é em casa que trabalho. tenho dias sim que passo de chinelos, outros de fato de treino quando venho do ginásio. já cheguei a fazer reuniões via skype em que só me arranjei da cintura para cima e que estava de pijama ainda por baixo lol. mas também tenho dias em que trabalho em lisboa, na Unique Stays. já trabalho na US há alguns anos e tenho vindo a colaborar neste projecto. e aqui nesta casa, que também é minha, passo muito tempo. é sempre uma boa desculpa para sair de casa.

 * o que vê da janela?
da janela vejo o cristo-rei, mas de costas. vejo ainda o cimo da ponte lá longe. tenho um parque infantil mesmo por baixo da janela e chego a conhecer as crianças que por lá passam ás vezes. e o bom desta minha margem sul é que tenho verde, eucaliptos à janela. faz de conta que estou no campo mas com a idade já ali no horizonte.

* tem algum ritual antes de começar a trabalhar?
o ritual do pequeno-almoço! sim, porque é um ritual e não abdico dele 🙂 são os primeiros minutos do dia em que me sento à mesa com o ipad a ver as novidades e a fazer a minha lista de “to-dos” para o dia. gosto de fazer o meu café com leite e dou os bons dias no instagram. sim porque temos um pequeno núcleo de amigas e bloggers que gostamos de inventar coisas novas para o pequeno-almoço  de inventar coisas novas para o pequeno-almoço.. neste momento andamos a aprender afazer um bom latte com aqueles desenhos por cima. e este desafio vamos partilhando e aprendendo no instagram. tenho dias de torradas e tenho dias mais saudáveis em que o pequeno-almoço é iogurte., granola feita por mim e fruta.
antes de começar a trabalhar já venho de barriga cheia do pequeno-almoço 🙂 mas enquanto o computador se liga, vou lendo no meu caderno o que tenho para fazer. depois passo sempre pela minha página do facebook, pelo blog e pelos emails e mais emails. e respondo logo a emails rápidos. depois vou seguindo ponto a ponto o que tenho para fazer. um dos problemas de trabalhar em casa para mim é perder a noção das horas. dou por mim ás vezes a almoçar ás 2 da tarde ou ás 3!

* o que gosta mais do seu trabalho? o que a põe mais à prova?
o que gosto mais de fazer? acho que o facto de ajudar as pessoas é o que me deixa mais contente. sim, é design a ajudar pessoas. nos tempos que correm vemos cada vez mais as pessoas a seguir os seus sonhos e a arriscarem a fazer aquilo que querem e muitas vezes antes mesmo de começar a “fazer desenhos” existe muita troca de ideias. tenho vindo a conhecer muitos projectos giros, muitas pessoas que são super simpáticas que depositam em mim tanta confiança. e tenho tanto gosto em trabalhar assim. é um orgulho depois ver blogs e p+aginas do facebook a mostrarem a sua nova imagem cheia de orgulho 🙂 e fico tão contente por ter sido eu a fazer parte disso. e como complemento adoro dar formação. poder partilhar os meus conhecimentos a outros e fazer disso uma maneira de ajudá-los é óptimo. é claro que todos os designers têm o seu estilo, e ainda bem. claramente eu tenho um estilo próprio e ás vezes há certos tipos de trabalho que para mim são mais difíceis de fazer. e nestes casos vou sempre a procura de inspiração e a verdade é que em cada trabalho  que tenho feito tenho aprendido uma coisa nova. seja mais um truque no photoshop, mais uma ferramenta nova no illustrator, mas tem acontecido sempre. estou sempre a aprender coisas novas e isso é um óptimo teste para conseguir fazer todos os trabalhos que me pedem.

* como aprendeu a fazer o que faz?
eu nunca pensei em ser designer até chegar o dia em que tinha que me inscrever na faculdade. a verdade é que sempre pensei em ser arquitecta. 🙂 mas na altura alguém me falou no curso de design e achei o máximo. comecei logo a trabalhar no segundo ano da faculdade (na altura não havia estágios e achei melhor começar a trabalhar) numa gráfica onde aprendi tudo sobre impressão. sujei as mãos, lavei tela, imprimi t-shirts, canetas, papel, fiz cunhos em fresas gigantes e foi um dos melhores trabalhos que tive até hoje. e desde então não parei de trabalhar. quando terminei o curso já tinha um bom currículo e foi o que me ajudou. trabalhei desde a grande empresa de publicidade à mais pequena, fiz parte de vários projectos com outras pessoas. até que um dia pensei – e fazer um projecto que seja mesmo meu? meu, feito por mim, tal como eu quero.
e desde que fui mãe, e fiquei a trabalhar mais em casa habituei-me a esta ideia. de trabalhar para mim, de construir a minha marca. de ter os meus horários, gosto desta liberdade. confesso que gosto mesmo. adoro esta liberdade. e vou aprendendo todos os dias. e sobre tudo. porque se estou a trabalhar numa imagem nova para uma marca de bolos e doces aprendo um pouco mais sobre as receitas e confecção, se estou a trabalhar para uma marca de nutrição aprendo um pouco mais sobre alimentação saudável e por aí fora…

* o que é a BongGirl?
a bond girl é a minha liberdade. a minha liberdade de fazer o que gosto. que me permite conhecer pessoas e projectos. que me define acima de tudo. tenho o blog onde partilho o que gosto e que faço. não tenho nenhuma rotina específica nem escrevo todos os dias. mas finalmente tenho a minha marca, o meu projecto.  e que serve sempre de “desculpa” para conhecer outros trabalhos também. tenho sempre as malas prontas para ir a qualquer lado. aliás domingo, dia 2 de fevereiro, vou até à california fazer uma mini road-trip. e já tenho o meu plano feito para conhecer por lá designers e lojas que adoro. e quero mesmo conhece-los. adoro fazer isto.

Continue Reading

at work with | rosa com canela

* onde vives? de onde és? | where are you from? where do you live? 
vivo no porto, sou do porto, uma tripeira de geme, portanto 😉 | i live in porto, i’m from porto, a real “tripeira”! 😉

* onde fica o teu atelier? como vais para lá? | where is your studio? how do you get to work?
o meu atelier é em frente ao mar, literalmente, é liiindo, e divido com mais duas marcas que adoro, a Zanmi e a Mary Delights. fazemos uma equipa pra lá de espectacular! | my studio is literally in front of the ocean, it’s beautiful. i divide the space with two other brands i love, Zanmi and Mary Delights. we have a hell of a team!

* o que vês da janela do teu atelier? | what do you see from your office window?
não querendo causar invejas… vejo o mar!!!! | don’t be too jealous, but i see the ocean!!!!

* tomas café de manhã? | do you take coffee in the morning?
não, tomo leite simples! | no, only white milk!

* tens algum ritual antes de começar a trabalhar? | do you have any ritual before your start your day?
não… tenho sempre 1700 coisas para fazer e não há cá tempos para rituais 😉 | no… i have about 1700 thing to do, there is no time for rituals 😉

* o que mais gostas do teu trabalho? | what do you like best about your work? 
o que mais gosto é da parte criativa, colocar em prática e ver o resultado final. fico deliciada com a forma como é feito cada artigo. adoro todo o processo de produção! | what i like best is the creative part of it all, bringing it to life and seeing the final result. i absolutely love how every product is done, and the whole production process. 

* como aprendeste a fazer o que fazes? | how did you learn to do what you do?
aprendi a fazer isto por necessidade pura e dura. comprei uma cola e uns tecidos, umas agendas e de repente surgiu a Rosa com Canela. | i learnt it out of pure necessity. a glue and a few fabrics, some agendas and all of a sudden there was Rosa com Canela.

* qual o teu produto preferido? | what’s your favorite item?
as agendas! 2014 já começou e eu ainda não escolhi a agenda com que vou ficar… adoro imensas, modéstia à parte 😉 | agendas! 2014 is already on its’ way and i haven’t picked one yet… i love so many of them 😉


* o que é a Rosa com Canela? | what is Rosa com Canela?
a Rosa com Canela é uma marca 100% portuguesa que nasceu por mera brincadeira. a inspiração é de todo o lado, e vou tentando absorver tudo o que vejo à minha volta para aplicar nos meus produtos. é uma marca que tenta chegar mesmo ao íntimo de cada cliente, e que tenta criar uma empatia em todas as relações. é uma marca de coração. | a Rosa com Canela is a 100% portuguese brand that was born out of playing around. inspiration is everywhere and i try to absorb lots of different things around me and apply it to my products. it’s a brand that tries to reach each client differently and tries to create empathy with every relationship. it’s a brand from the heart. 

* onde podemos encontrar os produtos Rosa com Canela? | where can we buy your products?
no porto temos no meu atelier e na Carlin. em lisboa, no Bazar da Lapa, e em águeda, no Cantinho dos Mimos. e claro, no site www.rosacomcanela.com. | in porto, at the Carlin shop. in lisbon, at the Bazar da Lapa, and in águeda in the Cantinho dos Mimos shop. and of course, on our website www.rosacomcanela.com.

e agora…. quem vai receber uma agenda linda linda?! | and who will get a brand new agenda?!
the winner is…………………….MARGARIDA PAES!

Continue Reading

what i saw | rosa com canela

é que não é só uma agenda. não é mesmo só isso. é uma agenda, forrada com tecidos lindos e um interior desenhado ao pormenor. e não são só agendas senhores, há cadernos, blocos, capas, pastas e bases para folhas soltas, tudo forrados com os padrões mais giros, alternativos e tão femininos.
que eu sou fã de produtos de papelaria já todos o sabem e que eu teria grandes problemas em ter uma papelaria em meu nome, pois iria à falência muito rapidamente… comprava tudo eu e não teria sítio onde guardar (eu vivo numa semi-ervilha com três rapazes, não se esqueçam) mas que adoro este mundo dos cadernos lá isso é impossível de esconder.
foi uma agenda da rosa com canela, da marta, para ser mais precisa que eu escolhi para ser a minha companhia no ano novo e até ao último segundo do mesmo. para além dos tecidos foi mesmo o interior que me conquistou… já andava um pouco cansada das mesmas sempre iguais e se bem que as minhas grandes companhias dos últimos anos sejam sempre e eternamente lindas, não havia nada de diferente que me convencesse que era em 2014 que eu ia mudar de género… pois foi o magnífico fim-de-semana em madrid, em companhia de gente gira, do norte e centro e super criativa que eu dei de caras com a banca da marta.
já fizémos sei lá quantos mercaditos e vendinhas juntas, mas nunca há tempo para ver tudo como deve ser e ali surgiu a oportunidade de mexer, ver com olhos e dedos e comprar. que bela surpresa! agora ando com a rosa com canela permanentemente na mala, sempre cheia de recados, to-dos, reuniões, lembretes e aniversários… vai ser um excelente ano, tenho a certeza e vai ficar todo registadinho!

e assim como quem não quer a coisa, fazemos um mini-passatempo! sim, tenho uma agenda linda para oferecer a quem: fizer LIKE na página do aspots’ e da rosacomcanela | partilhar publicamente este post no seu facebook | comentar com “preciso de uma agenda!” o aviso do passatempo na pagina do AT…. e voilá! é só até 6feira dia 10 de janeiro, mesmo assim, rápido para não perderem mais dias sem agenda! (válido apenas para portugal continental)

Continue Reading

at work with | hand ceramics

dá vontade de ir trabalhar com ela! | it will make you quit your job and work with her!

* onde vives? de onde és?
vivo em lisboa. sou do mundo. a morada para onde hei-de sempre voltar é portuguesa com certeza.

* onde fica o teu atelier?
o atelier fica no 3º andar de um prédio sem elevador perto de minha casa. trabalho rodeada de vizinhos simpáticos, a maior parte dos quais conheço desde que nasci.

* o que vês da tua janela enquanto trabalhas?
o tempo. quando era pequena via uma imensidão de verde. agora vejo verde e muitos prédios. o espaço onde trabalho é a casa onde vivi toda a minha infância. é curioso voltar à mesma casa, olhar pela mesma janela e ver que a linha do horizonte também se transformou com o tempo.

* tomas café de manhã? como é o teu pequeno-almoço?
tomo sempre pequeno-almoço, todos os dias, independentemente das horas a que me levantar: uma chávena grande com leite frio e um nespresso e uma taça de cereais, enquanto leio uma revista. depois passeio o meu cão e vou trabalhar.

* tens algum ritual antes de começar a trabalhar?
a primeira coisa que faço é ligar o rádio. a segunda é vestir o avental.

* o que gostas mais do teu trabalho? o que te põe mais à prova?
poder criar peças que vão estar nas casas de outras pessoas, presentes em muitos momentos das suas vidas, e que vão fazer parte de muitas histórias ao longo to tempo. o que me põe mais à prova? tudo. a responsabilidade, os compromissos, as expectativas. tento desafiar-me todos os dias mais um  bocadinho, e acho que isso se tem repercutido no ainda curto mas feliz percurso da HANDceramics.

* como aprendeste a fazer o que fazes?
aprendia a pintar azulejos com a Ana Cordovil, mas o meu processo criativo revela muito da formação que tenho como arquitecta. quanto a ser persistente, acreditar e ter coragem, aprendi com os meus pais e com os meus amigos!

* o que é a HANDceramics?
a HANDceramics – Have A Nice Day ceramics – é uma marca portuguesa de peças cerâmicas feitas à mão, que surgiu da vontade de dar novos usos ao azulejo tradicional, e levá-lo até à casa das pessoas. o objectivo é dar uma nova perspectiva sobre o trabalho cerâmico artesanal, privilegiando a aliança entre  odesign e o artesanato cerâmico de qualidade.

Continue Reading

at work with | namban

. onde vivem? de onde são? como foram para aí parar? | where do you live, came from and got here?
a Ana de Lisboa, o Filipe do Entroncamento. cruzámo-nos em Telheiras… depois de algumas voltas | Ana is from Lisbon, Filipe from Entroncamento, we crossed paths in Telheiras after a few turns…


. onde fica o vosso atelier? | where is your studio located? 
fica numa antiga padaria, entre Santos e o Bairro Alto, hoje é a Oficina Colectiva. vamos de metro até à Baixa-Chiado e depois a pé em modo passeio. | it’s located in an old bakery, between Santos and Bairro Alto, today it’s the Oficina Colectiva. we take the metro ‘til Baixa-Chiado and then we walk down the street.


. o que vêem da janela do vosso atelier? | what do you see from your studio window?
o eléctrico 28 a passar, azulejos e as pessoas do bairro. | tram number 28, tiles and people from the neighborhood

. tomam café de manhã? como é o vosso café? | do you take coffee in the morning? how is it?
café curto, com 1/3 do pacote de açúcar. | short, with 1/3 of a sugar pack.

. têm algum ritual antes de começarem a trabalhar? | do you have any rituals before you start your work day?
comer um bolinho e ver o que se passa com o resto do mundo. | eat a pastry and watch what’s going on in the world.


. como aprenderam a fazer o que fazem? | how did you learn how to do what you do?
com muitos erros até acertarmos! | with lots of mistakes ‘til we got it right!

. o que é a NAMBAN? | what is NAMBAN?
é uma mistura da luz e cor de Lisboa com as sombras do Japão. é uma marca de estacionário que acabou de lançar a sua 1ª colecção de cadernos feitos à mão. | it’s a mixture of light and colours from Lisbon with Japanese shadows. it’s a brand that just launched it’s first colection of handmade notebooks.


Continue Reading

at work with | benedita feijó andersen

.onde vive? de onde é? como foi aí parar? | where do you live? where are you from? how did you get there?
nasci no porto em 1978, na lapa e sempre cá morei e vivi excepto entre 1997 a 2003 que vivi em londres! | i was born in porto in 1978, in lapa and i’ve always lived here, except between 1997 and 2003 when i lived in london. 

. onde fica o seu atelier? | where is your studio?
fica em minha casa! comprei uma casa em que juntei 2 em 1. vivo e trabalho lá! a casa dá para separar bem a parte privada da do trabalho! para mim é perfeito assim. | in my house! i bought a house, a 2 in 1. i live and work there! the house is big enough to separate private and work area and it’s perfect for me this way!

. o que vê da janela do seu atelier? | what do you see from your studio window?
vejo a embaixada de Espanha! ou consulado. bonita casa cor-de-rosa, sempre ou quase sempre com a bandeira hasteada! | i see the Spanish embassy. a pretty pink house, always with it’s hoisted flag. 

. toma café de manhã? como é o seu café? | do you take coffee in the morning? how do you take it?
café expresso, caneca de leite saído do frigorífico bem frio e torradas com manteiga e ás vezes com doce de mirtilho, amora, framboesa… ás vezes iogurte e fruta! | espresso, cold milk mug and butter toast, sometimes with blueberry, blackberry or raspberry jam… sometimes iogurt and fruit! 

. tem algum ritual antes de começar a trabalhar? | do you have any rituals before your start your work day?
comer e tomar café! | eat and have coffee!

. o que gosta mais do seu trabalho? o que a põe mais à prova? | what do you love most about your work? what challenges you more?
desafios novos, bons clientes e decisivos! | new challenges, good and decisive clients!

. como aprendeu a fazer o que faz? | how did you learn to do what you do?
com o tempo e sozinha… auto-didacta! | by myself and with time… self-taught|

. quem é a Benedita Feijó Andersen? | who is Benedita Feijó Andersen?
sou eu! sei lá. não sei responder a essa pergunta… sou uma pessoa igual a todas ás outras que gosta de criar e de se divertir enquanto o faço! 😉 | it’s me! don’t know to answer this question… i’m just like any other person that likes to create and have fun while doing it! 😉

Continue Reading

what i saw | benedita feijó andersen

ter descoberto a Benedita e o seu trabalho foi sem dúvida das melhores coisas que descobri ultimamente, já vai para algum tempo que somos “amigas” e sigo-a atentamente e não há nada que faça que não adore. não é amoroso, ou querido, não é rosa ou fofo, é maravilhoso, muito interessante e simplesmente magnífico!
estudou design gráfico e faz maravilhas, não sei bem como as descrever, apenas que me fazem sentir muito bem quando olho para as suas ilustrações, imagens que me levam para mundos mais distantes. há cores que me prendem, pormenores que me chamam, sejam aplicadas em papel de parede, poderia viver numa sala forrada a paisagens do porto, mesmo em lisboa, cadernos, sacos, malas, pins ou os tão apetecíveis marcadores de livros, para quem como eu, lê 7 ao mesmo tempo e tem dificuldade em encontrar uns que goste, uns dobram, outros prendem, outros marcam demais, enfim, seriam perfeitos para mim que gosto de marcar os livros com marcadores lindos.
imagino-a a viver ou ter vivido em todo o mundo e tornar cada influência, país que vê, vive e sente, aplicável no seu trabalho. tem sido muito bom poder seguir de perto o trabalho da Benedita. não nos conhecemos, nunca a vi, e isto por vezes do facebook tem que ser com cautela, mas que bom que foi ter “tropeçado” nela. uma excelente surpresa e mesmo eu não sendo nada feminista, que bom que é descobrir mais uma mulher portuguesa cheia de talento.

benedita feijó andersen . rua rudolfo de araújo 64, porto . info@interactcreative.com

finding this amazing work and artist was one of the best finds i have had lately, and it has been a while now that i follow Benedita’s work and there is absolutely nothing i don’t love. it’s not cute, or adorable, it’s not pink or sweet, it’s amazing, it’s interesting, it’s gorgeous!
she studied graphic design and does wonders with what she knows. i’m not really sure how to describe exactly what she does, but i know every piece of work makes me love it immediately, it takes me on a voyage to far away places. the colours, details that call me and make me stop and stare, beit in wallpaper, notebook covers, tote bags, adversiting campaigns, or even on bookmarks, which i adore because f you’re like me and have about 7 books on your nightstand it’s a great feeling holding on to a beautiful bookmark while you read a good book.
somehow i imagine her having lived or been all over the world to be able to put together all of these influences on her work, in a single image. and it has been amazing to see what she does.
i don’t know her, or have i ever met her personally, but facebook has these fun things about strangers, we’re “friends” and it’s been an absolute pleasure getting to know her by her “status'” and through her work that she shares constantly. a wonderful surprise, and though i am not feminist at all, it’s amazing to find yet another portuguese woman doing amazing work.

Continue Reading

at work with | caco design

. onde vive? onde nasceu? | where do you live? where are you from?
vivo no Porto, cidade onde nasci. | i live in Porto, where i was born.

. onde fica o seu atelier/loja? | where is your studio/shop?
trabalhar em casa pode ser maravilhoso, mas não ter ninguém para trocar ideias, pode ser triste. eu costumo dizer que “sou uma pessoa de pessoas”, mas ao mesmo tempo adoro estar sozinha, por isso adoptei o sistema ideal para mim. depois de ter recebido uma proposta de parceria num projecto com uma designer e um arquitecto, mudei os meus CaCos todos para a Rua de Ceuta, na Baixa do Porto. portanto estou dividida entre a Baixa e a Foz. | working from home can be wonderful, but not having anyone to exchange ideas with, can be a bit sad. i usually say that i’m a “people’s person”, but at the same time i love being on my own, so i adopted the perfect system for me. after receiving a proposal for a partnership with a designer and an architect, i moved my CaCos (pieces) to Rua de Ceuta, at Porto’s Downtown area, so i’m divided between Downtown and Foz. 

. o que vê da janela? | what do you see from your window?
esta mudança diária de lugares é muito estimulante. normalmente faço sempre a marginal que faz a transição perfeita entre a Foz e a Baixa, primeiro o mar depois o rio, subir a Restauração e finalmente mergulhar na Baixa. trabalhar em casa é muito tranquilo (quando estou sozinha), vivo numa rua onde quase não passam carros e da janela vejo o mar ao fundo. na baixa é completamente diferente, barulho dos carros, autocarros, gente apressada, muitos turistas. no geral muito mais agitado mas igualmente bom. | this daily change between different places is very stimulating. normally i drive through the Marginal which makes the perfect transition between the Foz and Downtown, first the ocean then the river, up the Restauração and finally dive into Downtown. working at home is very calming 8whem i’m alone), i live in a really peaceful street, almost no cars pass by and from my window i see the ocean far away. Downtown it’s completely different, the noisy cars, buses, people running around, lots of turists, generally it’s a lot busier but equally good. 

. toma café de manhã? | do you take coffee in the morning?
o meu começar do dia depende do sítio para onde vou. normalmente acordo sem fome, por isso quando estou em casa vou comendo, água, fruta, iogurte, chá, ás vezes uma torrada, isto enquanto faço algumas lides domésticas e vejo os meus emails. na Baixa normalmente vou tomar o pequeno-almoço à Padaria Ribeiro, sumo de laranja e um vicorn (tipo de pão) com fiambre ou queijo, ou os dois! | i start off my day depending on where i’m going. usually i wake up not hungry, so when i’m home i’ll eat throughout the day, water, iogurt, fruit, tea, sometimes even toast, this while i do some house chores and check my emails. Downtown i have breakfast at Padaria Ribeiro, a local bakery, orange juice and vicorn (a type of bread) with ham or cheese, or both!

. tem algum ritual para começar o dia de trabalho? | any rituals to start off your work day?
não tenho nenhum ritual. quano estou em casa vou trabalhando, isto é, vou interrompendo o trabalho com todas as solicitações que uma casa têm. quando estou na baixa estaciono o carro a 5/10min a pé, faço esse caminho com o Lopinhos (o meu cão). quando chegamos o Lopinhos gosta de comprimentar todas as pessoas do escritório, incluindo o B e a P (dois bebés de colo, o B já gatinha). depois disso entre uma sala e outra começam, entre outras coisas, as trocas de ideias do novo projecto que a CaCo está envolvida, desenvolver peças em outros materiais com complementos em cerâmica. | i don’t have any rituals, when i’m home i’ll work, but i’ll interrup my work if i have any other urgent things to do around the house. when i’m Downtown i’ll park my car 5 to 10 minutes away and walk, i’ll do that with my dog, Lopinhos. when we arrive he likes to say hello to the two new babies in the office, B and P. after that, meetings start to exchange ideas about the new project CaCo is involved in, develop new products in other materials with ceramic inserts. 

. o que gosta mais do seu trabalho? | what do you love best about your work?
eu adoro o meu trabalho, do princípio ao fim, desde a parte criativa, à parte de produção, comunicação e venda. a CaCo começou como um projecto Mãe e filha. neste momento a única coisa que fazemos juntas é a parte de criação de produção. Tenho muita sorte de trabalhar com a minha mãe. e apesar de todos os nossos “conflitos geracionais” acho que fazemos uma óptima dupla. | i love my work, from the beginning to end, the creative part to the production, comunication and sales. CaCo began as a mother/daughter project, but at the moment the only thing we do together is production. i am very lucky to work with my mother, though we have a generation gap i think we make a great team.

. como aprendeu a fazer o que faz? | how did you leanr to do what you do?
se há coisa que eu e a minha mãe adoramos fazer juntas é ir à feira. o norte está cheio de feiras semanais maravilhosas. 5ªfeira é dia da feira em barcelos, onde mora a minha avó materna. na feira há de tudo, e acaba por ser uma mostra de muitos produtos tradicionais da região. barcelos têm uma tradição muito grande em olaria. quando era pequena a minha mãe ia sempre no final o verão, em excursão familiar, visitar as olarias, e trazia peças em miniatura para brincar com as bonecas. a minha mãe é arquitecta e eu designer, e resolvemos juntar a nossa formação e todas estas influências e proximidades e fazer uma experiência. | if there is one thing we, my mother and i, love to do together is go to the local markets. the north part of the country has loads of them weekly, and thursday is the Barcelos fair day, where my grandmother lives. it has almsot everything, it’s a great place to see a lot of the local, traditional regional products. Barcelos has an amazing tradition in pottery. when she was little, my mother used to go every summer, as a family trip, to visit the local potteries, and she’d bring back a few miniature items for her dolls. my mother is an architect and i’m a designer and we thought to bring together our forces and studies and influences and vicinities and try this experiment. 

. o que é a CaCo Design? | what is CaCo Design
a CaCo Design foi o resultado dessa experiência, desenho contemporâneo com as técnicas tradicionais de olaria da zona de barcelos. os CaCos são handmade em cerâmica, taças, jarras e outras peças decorativas domésticas. são levantadas na roda de oleiro, e na sua decoração, são também usadas técnicas de desenho empregues na olaria desta zona do país, os pontilhados, os tracejados e as linhas, mas usados de modo não tradicional. o imponderável acontece nas cores das peças e no modo de as usar. por todas estas características, as peças acabam por ser únicas entre si. | CaCo Design was a result of that experiment, contemporary design with traditional techniques from the local potteries. the CaCos (pieces) are handmade in ceramic, pots, jugs, plates and home decorative pieces. they are brought to life by a potter and in it’s decoration, there are also used drawing techniques traditionally from the area, the dots, stripes, dashes but done in a non tradiocional way. the main different aspect is the colours we use in our pieces and the way we use them. for all of these details these pieces are indeed unique. 

os Cacos estão à venda na internet na loja etsy e na loja do Museu de Serralves e na TakeAway, ambas no Porto. | CaCos are on sale online at the etsy shop, the museum shop in Museu de Serralves and the TakeAway shop both in Porto.

Continue Reading

at work with | belly sketcher

que divertida esta entrevista! | please meet Inês!

* onde vives? de onde és? como foste aí parar? | where are you from? where do you live?
sou de Lisboa, vivo em Lisboa e vou para Lisboa… original! na verdade vivi a minha infância em Almada, e nessa altura nunca pensei que saísse de lá (consta que é o lado certo). mas quando estava na faculdade percebi que o dinheiro do táxi ás 6as e sábados à noite dava para pagar uma casinha na Ajuda… e lá fui eu… era ver-me a chegar a casa em 15min… agora paro na Estefânia, não fosse o barulho e seria perfeito viver aqui. | i’m from lisbon, i live in Lisbon… how original! actually i lived my childhood in Almada and back then i used to think i’d never leave, but when i was in college i realized that the money i spent on taxi rides on friday and saturday nights was enough to rent a house in Ajuda, in Lisbon. and there i was, 15min away from home everywhere i went. now i live in Estefãnia, and if it wasn’t for the noise, this would be the perfect place to live.

* onde fica o teu atelier? como vais para lá? | where is your studio? how do you get there?
a vida cá em casa começa muito cedo. um dos homens acorda antes do sol porque não pode perder tempo de brincadeira, o outro acorda antes o sol porque não tem alternativa e tem que trazer o pão para casa. a mulher cá e casa adorava levantar-se às 10 e trabalhar de pijama o dia todo, mas parece que é coisa que lhe fica mal. então, mesmo trabalhando em casa, na sala vermelha (chamamos-lhe a sala vermelha porque dá a sensação que temos uma mansão com várias salas temáticas… mas na verdade é mesmo a única sala/escritório que temos no T2), veste-se como se fosse sair e ali permanece o dia todo (e falar de mim na terceira pessoa também é coisa que acho uma certa piada) | our days start very early in this house. one of the men of the house wakes up before sunrise because there’s just not enough time to play, the other man has to wake up early to bring home the money and the lady of the house wished she could wake up later but can’t ‘cause it doesn’t seem right. so, though she works from home, in her red room (we like to call it that, making this house seem like a mansion with lots of different themed rooms, though it’s just a two-bedroom house), get dress as if to leave the house but stays home all day (speaking of me in the third person is also something she finds funny)

* o que vês da tua janela? | what do you see from your window?
a minha mesa fica encostada à janela donde vejo o senhor da residencial, que me vê também o dia todo porque os meus cortinados estão quase sempre aberto. desconfio que escreva um romance sobre a vida cá de casa. “senhor da residencial, espero que leia este blog! quando o seu romance for um best-seller ofereça-me uma cópia, obrigada.” (isto é como pedir para mandar beijinhos ao primo num programa da manhã) | my table is next to a window from where i see the owner of the hostel in front of our house, and he also sees me because i rarely close our drapes. i’m starting to think he’s writing a novel about us… “mr.owner of the hostel, i hope you read this blog! when your book becomes a best-seller, please send us a copy, thank you.” (it’s like asking to the morning show host to send kisses to our imigrant cousins)


* tomas café de manhã? como é o teu café? | do you take coffee in the morning? how do you take it?
sobre o café vou citar o Lino “café, jamais…” não gosto de café. acho que até nunca bebi um café. não toco em nada com café. de manhã pão e leite. | about coffee i’ll quote Lino “coffee, jamais…” i don’t like it, i think i never had one, and never touch anything that has coffee in it. in the morning i take bread and milk. 

* tens algum ritual ates de começar a trabalhar? | any rituals before you start working?
tenho! mas não posso contar… nãaa não tenho… ou terei e estou só a baralhar?! hmmm…!! | yes! but i musn’t tell… nooo i don’t have any… or do i? hmmm…!!!

* o que gostas mais do teu trabalho? o que te põe mais à prova? | what do you love more about your work? what’s more challenging?
partilhar com as mães a serenidade expectante própria da gravidez é provavelmente o que mais gosto. possibilitar-lhes uma recordação dessa mesmo sensação é a minha missão. lido todos os dias com pessoas apaixonada e isso deixa-me com o mesmo sentimento. | sharing with mothers-to-be the serenity of expecting is probably what i love most and giving them the chance to keep a memory of this moment is my mission. i deal with people in love every single day and that makes me feel the same way. 

* como aprendeste a fazer o que fazes? | where and how did you learn to do what you do?
não aprendi… depois de ter estado grávida do meu filho Tomé (agora estou grávida do segundo ainda sem nome… aceitam-se sugestões) resolvi que o estado de graça tinha que ser estendido no tempo. demorei algum tempo até perceber como e quase sem dar por isso, de forma surpreendentemente natural, surgiu este projecto. se nunca tivesse tido um bebé a crescer aqui dentro, coisa corriqueira e no entanto milagrosa, nunca poderia saber o que procurar nos desenhos que faço. | i didn’t… after i had my first child Tomé (i’m now pregnant with my second… nameless still… i’ll take suggestions) i decided that this graceful state had to be extended in time. it took me a while to understand how and it just happened in a surprisingly natural way. if i had never had a baby growing inside, something so natural yet so miraculous, i’d never be able to know what to look for in the drawings i do.

* o que é a Belly Sketcher? | what is Belly Sketcher?
a BellySketcher é o meu projecto do coração. é a minha forma de celebrar a gravidez. | Belly Sketcher  is my dear project. it’s my way of celebrating pregnancy.

ficam algumas questões por resolver… se não bebes café metes em questão esta nossa nova amizade… e até provares o meu tiramisu não podes tirar essa conclusão… mais, quem é o Lino? e se me permites… o Tomé pode ter uma mano Tobias! ou uma Teresa, já que não nos esclareceste o que esperas. adorei esta tua entrevista e num instante fiquei a conhecer-te melhor! obrigada! | a few things… if you don’t like coffee this new friendship is at risk and it’s only because you haven’t tried my tiramisu… plus… who’s Lino, and if you allow me, Tomé could handle a brother named Tobias ou a little sister Teresa… i loved this moment and thank you for letting us get to know you better!

Continue Reading
  • 1
  • 2
Close Menu
×
×

Cart