decor in color | serenity and rose quartz

imagens | images | imaginni . pinterest
Particularmente hoje tive vontade de ir procurar as cores Pantone de 2016, já não me lembrava bem de que cores eram, mas sabia que eram dois tons, dois tons quase opostos mas tão complementares, daqueles que vemos mais do que pensamos e daqueles em que a minha vida ultimamente se baseia. Todos os dias me entram grávidas, recém mães, avós, tias e amigas e madrinhas a quererem mimos para os mais pequenos e começam sempre pela questão base, é rapaz ou rapariga? tem isto em azul ou rosa? posso fazer em azul ou rosa? sempre… não há dúvida. quem não pergunta vai directo a outros tons e sabe bem o que quer… mas no fundo para eles há sempre um tom azul e para ela um presente cor-de-rosa. Claro que a Pantona não as chama simplesmente azul e rosa, estes são os tons Serenity e Rose Quartz, que no fundo é o mesmo, mas quando vejo estas imagens penso logo em verão, algodão doce, gelados de morango, céu limpo, e tantas outras coisas muito zen. Gostam?
.
Today i remembered that Pantone has chosen for 2016 two of the colors i deal with all day, everyday. I have clients everyday with the same question, always divided between blue and pink, boys and girls, and this year Pantone came up with two of the most beautiful tones of these two colours, Serenity and Rose Quartz, they seem a bit too fancy for such simple everyday colors, but amazing how a name can fit a tone and turn it into something special. 
.
Oggi, giusto oggi mi sono riccordata di fare questo post sui colori Pantone del 2016 e che bel colori sono, cosi semplice, cosi determinante per certe cose nella vita, come per le mie clienti che hanno sempre tanti dubbi su che colore per i regali, o blu per maschio, o rosa per femina. Peró é bello vedere come due toni cosi diversi, per me quasi oposti, alla fine sono da per tutto e quest’imaginni sono proprio cosi. Si chiamanno Serenity e Rose Quartz, e hanno senso. un blu sereno e un rosa quasi prezioso. 

Continue Reading

decor in color | serenity and rose quartz

imagens | images | imaginni . pinterest
Particularmente hoje tive vontade de ir procurar as cores Pantone de 2016, já não me lembrava bem de que cores eram, mas sabia que eram dois tons, dois tons quase opostos mas tão complementares, daqueles que vemos mais do que pensamos e daqueles em que a minha vida ultimamente se baseia. Todos os dias me entram grávidas, recém mães, avós, tias e amigas e madrinhas a quererem mimos para os mais pequenos e começam sempre pela questão base, é rapaz ou rapariga? tem isto em azul ou rosa? posso fazer em azul ou rosa? sempre… não há dúvida. quem não pergunta vai directo a outros tons e sabe bem o que quer… mas no fundo para eles há sempre um tom azul e para ela um presente cor-de-rosa. Claro que a Pantona não as chama simplesmente azul e rosa, estes são os tons Serenity e Rose Quartz, que no fundo é o mesmo, mas quando vejo estas imagens penso logo em verão, algodão doce, gelados de morango, céu limpo, e tantas outras coisas muito zen. Gostam?
.
Today i remembered that Pantone has chosen for 2016 two of the colors i deal with all day, everyday. I have clients everyday with the same question, always divided between blue and pink, boys and girls, and this year Pantone came up with two of the most beautiful tones of these two colours, Serenity and Rose Quartz, they seem a bit too fancy for such simple everyday colors, but amazing how a name can fit a tone and turn it into something special. 
.
Oggi, giusto oggi mi sono riccordata di fare questo post sui colori Pantone del 2016 e che bel colori sono, cosi semplice, cosi determinante per certe cose nella vita, come per le mie clienti che hanno sempre tanti dubbi su che colore per i regali, o blu per maschio, o rosa per femina. Peró é bello vedere come due toni cosi diversi, per me quasi oposti, alla fine sono da per tutto e quest’imaginni sono proprio cosi. Si chiamanno Serenity e Rose Quartz, e hanno senso. un blu sereno e un rosa quasi prezioso. 

Continue Reading

pantone | bolo de bolacha

bolo de bolacha | migalha doce
embora nunca tenha sido apreciadora deste bolo, ela fazia-o ou encomendava-o sempre nos anos dos filhos, o meu pai e minha tia. era tradição. o meu pai não consegue comer este bolo sem contar esta história e eu sempre o associei a festas de aniversário, nunca tendo comido mais do que uma garfada… sou de tal maneira fã de bolacha maria que pensar que está mole ali dentro fazia-me, e faz, espécie.. no entanto, se faltasse este bolo na mesa era como faltar água, tem que haver caso alguém queira, mesmo havendo outros. e assim foi, a vida toda, sempre ali. não posso dizer que era ela sempre que o fazia, pois acho que nunca foi pasteleira, mas sendo ou não, havia. 
hoje achei que seria a melhor receita para publicar, pela semana que é, e até pela tonalidade outunal (o meu pai faz anos em maio e em moçambique era outono… coincidência?) não é propriamente alegre, nem parece um bolo que celebre a vida, mas era o que ela decidiu ser o melhor para os seus e isso não se discute. esta receita parece-me perfeita, deixo aqui o link pois acredito que a usarei em breve para recriar momentos bons… no fundo, tem café e bolacha maria… envolvidos em creme o que agora em adulta não me parece assim tão mau! 
espero que gostem, e que também se juntam à mesa com tradições vindas não sabemos porquê nem como, mas que sem elas, algo faz falta… 

Continue Reading

pantone | bolo de bolacha

bolo de bolacha | migalha doce
embora nunca tenha sido apreciadora deste bolo, ela fazia-o ou encomendava-o sempre nos anos dos filhos, o meu pai e minha tia. era tradição. o meu pai não consegue comer este bolo sem contar esta história e eu sempre o associei a festas de aniversário, nunca tendo comido mais do que uma garfada… sou de tal maneira fã de bolacha maria que pensar que está mole ali dentro fazia-me, e faz, espécie.. no entanto, se faltasse este bolo na mesa era como faltar água, tem que haver caso alguém queira, mesmo havendo outros. e assim foi, a vida toda, sempre ali. não posso dizer que era ela sempre que o fazia, pois acho que nunca foi pasteleira, mas sendo ou não, havia. 
hoje achei que seria a melhor receita para publicar, pela semana que é, e até pela tonalidade outunal (o meu pai faz anos em maio e em moçambique era outono… coincidência?) não é propriamente alegre, nem parece um bolo que celebre a vida, mas era o que ela decidiu ser o melhor para os seus e isso não se discute. esta receita parece-me perfeita, deixo aqui o link pois acredito que a usarei em breve para recriar momentos bons… no fundo, tem café e bolacha maria… envolvidos em creme o que agora em adulta não me parece assim tão mau! 
espero que gostem, e que também se juntam à mesa com tradições vindas não sabemos porquê nem como, mas que sem elas, algo faz falta… 

Continue Reading

pantone | stuffed squash

se eu pudesse escolher o que como, comia sempre carne, but eu também sei que não me fazia assim muito bem e também admito que há muita comida boa, não, excelente que vem em forma de fruta e verduras, esta é apenas um dos melhores exemplos, aliás como este blog nunca desilude. ainda não experimentei a receita assim, mas só  ofacto de juntar abóbora, quinoa, feijão, abacate, queijo feta, cebola, lima, pimenta, cebola diz-me que não ser abaixo de fenomenal. perfeito para o outono, se alguma vez chegar, e perfeito para o dia de acção de graças, momento de lembrarmos tudo aquilo que temos de bom… incluindo o que comer. 
.
if i could chose i’d eat meat all the time, but i know it’s not good for me, and i know that great food also comes in shapes of fruits and veggies. this is one of them! i haven’t tried but i am certain it is delicious and even if you can’t make it look like this, always such a beautiful arrangement of colors this blog, it will taste delicious i’m sure. it’s got squash pumpkin which is without a doubt one of the best… pity we can’t get it here but i eat it wherever i go, beans, feta, avoccado, quinoa, lime, pepper, onions… and so much color!! perfect for autumn, if it ever comes, and perfect for giving thanks for everything we have… 

Continue Reading

pantone | stuffed squash

se eu pudesse escolher o que como, comia sempre carne, but eu também sei que não me fazia assim muito bem e também admito que há muita comida boa, não, excelente que vem em forma de fruta e verduras, esta é apenas um dos melhores exemplos, aliás como este blog nunca desilude. ainda não experimentei a receita assim, mas só  ofacto de juntar abóbora, quinoa, feijão, abacate, queijo feta, cebola, lima, pimenta, cebola diz-me que não ser abaixo de fenomenal. perfeito para o outono, se alguma vez chegar, e perfeito para o dia de acção de graças, momento de lembrarmos tudo aquilo que temos de bom… incluindo o que comer. 
.
if i could chose i’d eat meat all the time, but i know it’s not good for me, and i know that great food also comes in shapes of fruits and veggies. this is one of them! i haven’t tried but i am certain it is delicious and even if you can’t make it look like this, always such a beautiful arrangement of colors this blog, it will taste delicious i’m sure. it’s got squash pumpkin which is without a doubt one of the best… pity we can’t get it here but i eat it wherever i go, beans, feta, avoccado, quinoa, lime, pepper, onions… and so much color!! perfect for autumn, if it ever comes, and perfect for giving thanks for everything we have… 

Continue Reading

pantone | tartes de dióspiro

mesmo que ainda estejam tardes de calor, sol que queima as pernas nas esplanadas, alsas e mangas curtas apetece-me o outono e em força. apetece-me camisolas e botas, apetece-me sentir um friozinho de manhã e acima de tudo comer coisas boas e quentes. estas tartes têm as cores do outono, os cremes, castanhos e estes laranjas… devem ser qualquer coisa para lá de divinal e eu que ando a preparar um jantar de halloween talvez avance mesmo para algo do género para acabar em grande. 

our autumn is running a bit late and these semi summer warm days are confusing us, though i am enjoying breakfast out with friends and on terraces looking onto our gorgeous city, i am looking forward to autumn to arrive in full force, which means a cardigan, boots, a bit of a colder breeze and warmer things to eat… like these amazing tarts, though cold they have the colours of autumn and the feel of something straight out of the oven. browns and oranges have halloween, thanksgiving and autumn written all over it.
.
non so come é da voi, ma qui l’autunno é in ritardo, non vuole arrivare e io ormai, anche approfitando benissimo il sole e il caldo, voglio che arrivi il fredino, i maglioni e i stivali. e mangiare cose con i colori del autunno… come questi marroni e arancioni che starebbero cosi bene in un tavolone di halloween, festa delle grazie o semplicimente di autunno…

Continue Reading

pantone | tartes de dióspiro

mesmo que ainda estejam tardes de calor, sol que queima as pernas nas esplanadas, alsas e mangas curtas apetece-me o outono e em força. apetece-me camisolas e botas, apetece-me sentir um friozinho de manhã e acima de tudo comer coisas boas e quentes. estas tartes têm as cores do outono, os cremes, castanhos e estes laranjas… devem ser qualquer coisa para lá de divinal e eu que ando a preparar um jantar de halloween talvez avance mesmo para algo do género para acabar em grande. 

our autumn is running a bit late and these semi summer warm days are confusing us, though i am enjoying breakfast out with friends and on terraces looking onto our gorgeous city, i am looking forward to autumn to arrive in full force, which means a cardigan, boots, a bit of a colder breeze and warmer things to eat… like these amazing tarts, though cold they have the colours of autumn and the feel of something straight out of the oven. browns and oranges have halloween, thanksgiving and autumn written all over it.
.
non so come é da voi, ma qui l’autunno é in ritardo, non vuole arrivare e io ormai, anche approfitando benissimo il sole e il caldo, voglio che arrivi il fredino, i maglioni e i stivali. e mangiare cose con i colori del autunno… come questi marroni e arancioni che starebbero cosi bene in un tavolone di halloween, festa delle grazie o semplicimente di autunno…

Continue Reading

pantone | balsamic pasta

balsamic pasta | the faux martha
confesso, pronto, ainda não voltei definitivamente de férias… estes últimos posts do blog não têm ajudado a fazer a separação completa, mas não tenho conseguido esquecer… e já voltei ainda não fez um mês! não costumo viver assim tanto no passado… mas será porque o frigorífico ainda está a abarrotar de coisas boas, ainda há miúdos a falarem italiano intensamente e algumas roupas aidna não saíram das malas… enfim, tirando este último pormnor que poderá irritar-me não tarda, vamos comendo bem por aqui, lembrando cozinhados de há trinta dias atrás. esta massa com molho balsâmico lembrou-me a minha sogra que cozinha como ninguém e coisas tão simples e que nos fazem tão bem. e que me ensinou que massa integral não mete medo, é boa, mas boa mesmo! experimentem!
what a wonderful way to eat whole wheat pasta with a simples balsamic vinagrette and a gorgeous salad on top. yum! makes me really not be able to forget our holiday in italy and the wonderful things we ate there. it’s been hard to make the transition into “real life” back home, and have our fridge full of italian delicacies. this pasta is a great example of what we love to eat as a large family with my in-laws and it’s going to be a habit soon! 
tornare é sempre dificile, per noi ancora di piú perché cambiamo tutto, il modo di vivere, la lingua, la gente, e il cibo anche se riempiamo il frigo di robba buona da mangiare che mia suocera ci regala. questa pasta, integrale e con l’acetto balsamico mi riccorda tanto casa in italia, mi riccorda che mangiamo sempre bene e che tutto ci fa bene. semplice e cosi buona. fresca e allo stesso tempo cosi di casa… yum!

Continue Reading

pantone | balsamic pasta

balsamic pasta | the faux martha
confesso, pronto, ainda não voltei definitivamente de férias… estes últimos posts do blog não têm ajudado a fazer a separação completa, mas não tenho conseguido esquecer… e já voltei ainda não fez um mês! não costumo viver assim tanto no passado… mas será porque o frigorífico ainda está a abarrotar de coisas boas, ainda há miúdos a falarem italiano intensamente e algumas roupas aidna não saíram das malas… enfim, tirando este último pormnor que poderá irritar-me não tarda, vamos comendo bem por aqui, lembrando cozinhados de há trinta dias atrás. esta massa com molho balsâmico lembrou-me a minha sogra que cozinha como ninguém e coisas tão simples e que nos fazem tão bem. e que me ensinou que massa integral não mete medo, é boa, mas boa mesmo! experimentem!
what a wonderful way to eat whole wheat pasta with a simples balsamic vinagrette and a gorgeous salad on top. yum! makes me really not be able to forget our holiday in italy and the wonderful things we ate there. it’s been hard to make the transition into “real life” back home, and have our fridge full of italian delicacies. this pasta is a great example of what we love to eat as a large family with my in-laws and it’s going to be a habit soon! 
tornare é sempre dificile, per noi ancora di piú perché cambiamo tutto, il modo di vivere, la lingua, la gente, e il cibo anche se riempiamo il frigo di robba buona da mangiare che mia suocera ci regala. questa pasta, integrale e con l’acetto balsamico mi riccorda tanto casa in italia, mi riccorda che mangiamo sempre bene e che tutto ci fa bene. semplice e cosi buona. fresca e allo stesso tempo cosi di casa… yum!

Continue Reading
Close Menu
×
×

Cart