carnaval é só hoje, please

Enquanto miúda adorei o carnaval, o colégio tinha o dia do carnaval, não havia aulas, as salas tinha as mesas logo encostadas à parede, cadeiras colocada em modo festa de miúdos, levávamos coisas para um lanche colectivo na sala, cada professora tratava da música, havia desfile de salas, ninguém queria o intervalo porque estar na sala era bem mais divertido do que tentar jogar futebol com vestido de dama de companhia (top máscara nos anos 80) ou polícia, ou preso (havia muitos…) e abelha ou borboleta. Eu fui dois anos seguidos Rainha da Flores, com um fato todo feito pela minha mãe e eu não queria outra coisa, também fui madeirense, minhota, e nos Estados Unidos bruxa!No colégio a partir do 5º ano, não nos podíamos mascarar, e enquanto durante esse ano acho que até chorei… a partir daí comecei a odiar o carnaval. 
Quando saí do colégio então nem se fala, odiava mesmo…
Quando voltei da minha “volta ao mundo” já com filhos voltei a gostar, mas só nos miúdos, de facto no carnaval pode-se tudo, ver miúdos mascarados de animais, maus da fita, tem a sua graça. E é para eles claramente… sofro de vergonha alheia quando vejo adultos mascarados ou vejo os carnavais cheios de samba nas ruas de portugal gelado, semi-nus! mudo de canal sou incapaz de entender… enfim.
Os manso estão há anos em modo Star Wars, sabem tudo mas não sabem muito. Só falam disso e o Canaval tem sido bastante previsível. Este ano decidi não gastar dinheiro em fatos já feitos porque custam um balúrdio e deixam de servir logo, eles crescem com o sol e isto não tarda não dá para tamanhos de criança. Comprei tudo no Mega Chinês de Alfragide, com um fato de treino de base que dá imenso jeito para a ginástica, capa de drácula e máscara/capacete de um soldado parecido com o Darth Vader… bora la!

Já o babyv teve direito e máscara como prenda de anos, um mini Spiderman com body e gorro da loja Disney, parece que estava em saldos 😉 Ficou um querido, não percebeu nada do que se passava e depois de cinco ou quinze fotografias arrancou o gorro e adormeceu da canseira que é salvar o mundo! Já desde os 4 anos dos manos que não via um spiderman aqui em casa e até soube bem ver cores que não preto! A ver quanto dura isto de ser dos bons, e passar aos maus da fita! 
Assim já gosto disto!

Continue Reading carnaval é só hoje, please

instaweek | 07.15

a semana teve boas surpresas e mais um carnaval. missão quase impossível de encontrar as máscaras que eles querem mesmo sem que falte um único detalhe, mais um ano em que pedi emprestado pois não entendo alguns preços de fatos… o abuso. claro, fica sempre a faltar qualquer coisa, não fazia ideia que o capitão américa tinha um escudo nem que o jake tem uma faixa na testa e não um chapéu de pirata, mas olha, é a vida! e lá foram na mesma… 
enquanto isso estamos besuntados de barral porque é impossível não querer esta sensação permanente no corpo e o cheirinho a bebé.

Continue Reading instaweek | 07.15

instaweek 09.14

que semana cheia de nervos! sim… a primeira dose de nervos grandes foi a visita da rtp à loja mais querida do bairro que me deixou logo super nervosa, e não gostei nada do que disse, não sei quando vai aparecer na tv, mas eu sou daquelas que prefiro nem ver, se der alguma publicidade que seja boa e que venha, mas eu não me vejo na tv… odeio. mas faz sempre bem à marca e ao nosso trabalho! a segunda dose de nervos foi mais calam mas foi pensar no carnaval dos miúdos, eu odeio, saltava por cima deste dia em três tempos mas eles merecem perceber o que é. quiseram os dois logo desde o natal mascararem-se ao homem-aranha, sem nunca essa personagem existir em nossa casa, mas estamos nesta fase em que o que acontece na escola é outro mundo. pedi a amigas, porque me recuso a comprar fatos deste género e fazer à mão é coisa que me transcende. por isso lá foram, um musculado, outro mais descontraído, um de capuz outro de “capacete”, enfim, ao final do dia tinham tudo ainda perfeitamente colocado sem estragarem nem se cansarem da máscara, foi giro e sei que eles adoram… tanto que a mãe para os divertir lá colocou o “capacete” para se rirem ás gargalhadas! no fundo, tiveram medo… lol. a terceira dose foi a visita do mini-m, não foi de nervos mas dei comigo nervosa por receber em casa um bebé, quase nosso, mas de repente foi tão fácil imaginar a nossa família a 5, dois miúdos super ternurentos, um bebé do mais obediente e pacífico que há, um marido com um jeito para isto que nem imaginam e uma mãe com o tic-tac a bater forte forte. foi bom… até o mini-m acordar ás 23h e querer brincar enquanto eu dormir ou tentava… ui lembrei-me de tudo outra vez… e aí sim, fiquei nervosa, feliz mas muito nervosa por aquilo que eu tanto quero.

Continue Reading instaweek 09.14

homemade carnaval 02

porque afinal isto nunca é demais! eles ficam giros e super fantásticas! ou bobos da corte ou autênticos ladrões de sorrisos e autênticas produções dignas de tim burton. não faltam os pintores, os mochos e que tartaruga apetitosa! obrigada ás mães que gostam de partilhar não só máscaras low-cost como obras de arte feitas à mão! quero os vossos contactos, vou ligar-vos para o próximo carnaval! 😉

 
because they do look too cute to resist, and it’s never too much. court clowns, thieves and tim burton characters, painters, owls and turtles, all with such amazing care, either low-cost or handmade completely. they come alive when children wear what their mothers love to do! thank you moms who sent me these adorable images and please give me your phone numbers, i’ll be calling you next year!

Continue Reading homemade carnaval 02

homemade carnaval

o carnaval não é de todo a minha festa preferida, a partir do momento que no colégio me disseram aos 10 anos que já não nos podíamos mascarar, só os meninos da primária, fiquei fula e irritada com a coisa. daí ter abolido o carnaval da minha vida e nunca mais me ter mascarado… um pet pieve do carnaval que eu tenho é mesmo ver adultos mascarados, acho ridículo e sinceramente bastante aterrorizador… mas há um ano, quando voltei das áfricas e dei comigo a três dias do carnaval com a educadora da creche a pedir máscara de casa, fiquei maluca! estive quase para dizer “os meus coelhinhos não se mascaram”, mas lembrei-me, serão os meus os únicos? vou-lhes causar o primeiro trauma, a seguir ao nascimentos, por causa do carnaval? não, não pode ser. ok, o que é que eu faço… durante um dia pedi, implorei ajuda, até que bastou pedir mesmo uns fatos. viesse o que viesse eles iam mascarados. este ano, com 1 mês de antecedência lá fui eu pedinchar. e voilá funcionou! eles lá foram, este ano de pirata e cowboy, e eu descansei sem stress. mas quando cheguei ao mail tinha algumas surpresas de amigas e desconhecidos… máscaras completamente homemade, seja por serem costuradas à mão por génios da costura, seja por conseguirem juntar peças de casa que dessem num maravilhoso capuchinho. enfim, fiquei de novo a pensar que também eu devia aprender a costurar como deve ser e fazer estas maravilhas… ou talvez esperar uns aninhos e “cravar” aquele ovo estreladinho emprestado ou um arco-íris super colorido? adoro tudo! ;)!!

carnival is by far my least favorite party, i think from when i was 10 and at school we were forbidden to dress up because we were too big for it, and we had to watch the litle kids have so much fun and no classes on this day. i thought i’d never have to deal with it until i got a note last year from my kid’s teacher telling me that three days later they should come to school dressed up… i freaked! what? where? how? i asked everyone i knew about what to do and fortunately after a little bit (1 day) i got two friends to lend me some costumes so i wouldn’t be the cause of my children’s frist embarassing moment at school. this year i did the same, only 1 month in advance!!! i’m proud of myself. but then, i opened the internet and i received a lot of images from friends and strangers of homemade carnival costumes!! homemade!!! i mean completely homemade, as in sewn together by crafty mothers or grandmothers, or even homemade as in put pieces together you have around the house and come up with the cutest red riding hood. so… i started thinking of next year… maybe i’ll do it myself too… or wait a bit and ask for the adorable fried egg costume or the cutest rainbow ever!!! 

Continue Reading homemade carnaval