where to eat | amelia vs. nicolau

Ah a Amélia. Talvez por ser menina, talvez por ser maior, mais alegre, mais cor-de-rosa, isto sim é espaço para ir, estar e ficar! A milhas, não só em distância mesmo, do seu amado, este espaço não tem nada a ver com o Nicolau.
Que belíssima reunião tive de mulheres cheias de garra a quererem fazer o que gostam e colaborar umas com as outras com ideias geniais e vontade de passar o que melhor fazem a quem quiser! Projectos bons pelo futuro e que sítio bom onde começar algo novo e refrescante. 

Este A é qualquer coisa de magnífico… 

Espaço arejado, cheio de energia boa e luz magnífica, no verão será mega ficar aqui horas… claro que com o sucesso que irá ter não vamos conseguir mesa, mas já lá fui e a experiência não podia ter sido melhor! Super bem tratadas e servidas, não falhou em nada e os empregados, tanto elas como eles, sempre disponíveis, só faltava virem de três em três minutos encherem o copo de água. Amei! Até duvidei por momentos que o Nicolau e a Amelia se conhecessem!!! 
Não sei bem a história por detrás dos dois espaços mas se os donos forem os mesmos… ajudem o Nicolau!
Até a comida soube melhor, mais bonita, mais fresca e não só porque sim. Pode ser do entusiasmo inicial, mas pela afluência e tipo de pessoas, vi ali amigas minhas que são exigentes! Pelo ambiente, pela rotação de pessoas, não duvido que seja bom durante muito tempo. Bem gostava de voltar à baixa lisboeta mais vezes, mas começo a achar que não vale a pena… 
Aqui ao pé de casa há bons lugares para planear o futuro e comer o que há de melhor em Lisboa. 

amelia . rua ferreira borges 101 lisboa | facebook | instagram
Parabéns Amelia! Ainda bem que vieste e por favor fica! 
E se algum destes As desaparecer, eu assumo, fui eu!

Continue Reading where to eat | amelia vs. nicolau

where to eat | nicolau vs. amélia

Vamos por partes, agora vou falar do Nicolau, namorado da Amélia, parece…

Chegou primeiro, conquistou Lisboa mas esqueceu-se dos lisboetas, dá mais sorrisos a quem fala inglês de cabelo loiro e olhos azuis, das duas vezes que lá fui a apresentação do que nos trazem no prato vai perdendo qualidade. A receber-nos estão pessoas com vontade de treinar o inglês com aquelas frases com “like” no final como se isso fosse falar bem, trocando os verbos todos. Tornou-se hábito por esta cidade, esta necessidade de agradar turcos e troianos, mas não lisboetas.

O Nicolau percebeu que faltavam french toast nos menus portugueses, isso agradeço-lhe do fundo do coração ou do estômago porque há anos que queria voltar a comer umas boas “fatias douradas” à americana! Boa, obrigada!!

O resto não me convence, serviço despachado e espaço acanhado.. pena…

nicolau . rua s. nicolau 17 . lisboa | facebook | instagram

Chão lindo que amei, mais os azulejos verdes vidraças e o neon, são peças magníficas mas não chegam para me convencer a voltar.

Digam-me se sou só eu, mas com tanta escolha…….

Continue Reading where to eat | nicolau vs. amélia