pantone | peach and burrata

acho que nunca aqui tinha dito, mas desde que abri a loja mais querida do bairro, 18 meses, que só como sopa ou saladas ao jantar… para grande tristeza do marido, italiano com jeito para a cozinha, eu deixei de me deliciar com os seus pratos, excepto em dias de festa. claro que não peço sopas nos restaurantes, não dá, mas em casa o meu jantar habitual reduz-se a estes dois tipos de pratos, tento inventar mas também não me importo nada que seja a mesma sopa toda a semana ou a mesma salada que faço fresca todos os dias, não sou chata com repetições, se for bom como e pronto! enquanto que as sopas podem ser básicas, porque até prefiro colocar por cima pedacinhos de queijo para alterar alguns sabores, ou não e gosto de sopas simples (não me inventem sopas com laranja que eu tenho um mini stress), mas nas saladas?! essas podem ser autênticas surpresas, graça a deus ele também as faz muito bem e quando ele decide acompanhar aqui a minha espécie de dieta eu deixo-o inventar! esta que vos mostro hoje tem um belíssimo aspecto e eu nem sou muito de comer pêssegos, também a altura não é deles, mas eu adoro burrata, uma mozzarella tão mole e recheada de queijo cremoso por dentro, que não há igual… tenho dificuldade em comer apenas um bocado e nos meus sogros costumo ter uma tigela só para mim. eles gostam muito de mim sim! não há igual e se não conhecem… preparem-se. não consigo dizer onde arranjar em lisboa porque sei que quando chego a milão lá está à minha espera, e aqui nem sempre a uso em casa, mas se for jantar fora e houver num prato qualquer é isso que eu peço. continuando… esta salada está recheadinha de rucula, burrata, cebolas roxas caramelizadas e lá está, pêssegos grelhados… tenho que pensar como é que esta salada poderá ser mais invernal, mas eu comia em três tempos mesmo assim neste dia tão chuvoso!