gosto disto | eus_school

Uma das conversas mais bonitas que tive ultimamente foi num dos espaços que mais gosto, na Casa do Pico com a Rita e o Rodrigo da Eus-School.

Ouvir falar sobre felicidade, paz interior tem tudo para me deixar nervosa, ansiosa e algo emotiva, e foi isso que eu vivi. Há assuntos que me deixam muito frágil. Sou emotiva, tenho os sentimentos sempre à flor da pele, e vivi não há muito tempo uma experiência que me chocou de tão mesquinha e hipócrita, mas que me abriu os olhos para o que de facto espero, quero e exijo de mim mesma. 

A Rita e o Rodrigo respiram e emanam felicidade, paz e acima de tudo tranquilidade. Sabem do que falam porque também eles passaram por transformações importantes, apercebendo-se do que são capazes, do que não querem nem merecem na vida. Encontraram aos poucos o que lhes faz bem e entregaram-se de corpo e alma a essa procura, a essa dedicação de nunca se esquecer de quem são.



Dizer que me tocou imenso ouvi-los é pouco... eu vivi uma autêntica sensação de que alguém me tinha chamado de propósito para ali, que eu embora tenha ido de livre vontade, e avisei logo que ia que não queria perder aquele momento ali com aquelas pessoas, parecia que tinha sido tudo feito para que eu ouvisse, sentisse e absorvesse toda aquela experiência. 


As palavras chave da conversa foram claramente: autenticidade, joy, bliss, segurança, respeito, coragem, amor. Porque no fundo não podemos ser autênticos se não nos sentirmos seguros, respeitados, até por nós próprios. A coragem... a não vergonha, a insegurança é, são, os meus maiores inimigos. Sinto que fico muitas vezes aquém do que posso fazer, do que sei fazer, de quem sou por sentir não tanto capacidade de mim mesma, mas do que os outros esperam de mim. 

Ser autêntico é também estar presentes, ali, no momento. E esse exercício é talvez o mais difícil... saber o que somos em plena autenticidade. O que nos conforta, o que nos nutre, o que nos inspira, o que queremos que acorde em nós para estarmos PRESENTES sempre. Já alguma vez pensaram nestes itens e tentaram saber e conhecer-vos melhor?
Eu nunca, e eu até me acho bastante ligada comigo mesma, no entanto, são mais as vezes que duvido de mim e que não me oiço... quero voltar a ouvir, quero sentir-me em pleno, quero estar. Quero ser.



O JoyPlanner é esse exercício em modo caderno. É um viajar connosco mesmas pelos nossos dias tomando cada vez mais consciência do que nos rodeia e do que cada peça do nosso ambiente nos altera, nos afecta, no preenche, nos retêm. 
Como diz a Rita "foi com o pressuposto de activarmos a nossa essência e fazermos magia com ela, que construí esta peça/agenda, o de teres sempre presente no teu dia a dia a tua alegria, a tua felicidade, e os pequenos truques que a activam"

Be consistent, be there, give yourself a break.



casa do pico | facebook . instagram
eus_school | site . facebook . instagram

Se puderem assistir a uma aula da Eus-School recomendo, sinto que esta conversa alterou algo na minha postura em relação à vida, em relação a mim mesma e isso recomendo a todos. Quero continuar a acreditar que tenho um propósito e que todos os dias deixo uma marca em quem por mim passa e nas situações onde me coloco, no entanto mais importante é saber que ESTOU sempre presente. 

Life will start according to our availability.

No Comments Yet, Leave Yours!