instaweek 25.14

 
já são uns crescidos, têm direito a bilhete de autocarro individual, sentam-se e ocupam lugar de gente grande, vão a festas e ficam na boa a brincar, e a comer, adoraram a festa do D com direito a umas photo props maravilhosas feitas pela talentosa tia T! já ficam a ver jogos com a mãe, agarrados a amuletos da loja do chinês, mas a horas impróprias mesmo que dando alguma sorte. uma história simples e tão gira lida pela querida tia S que levou a “nossa” biblioteca à rua e fez as delícias dos miúdos, que já ouvem com muita atenção e cada vez mais amigos. 
a minha semana? …a minha correu lindamente, entre todas estas evidências de crescimento e mais uns presentes maravilhosos em formato de letra A, não podia ter sido melhor… ah esperem, podia… mas talvez fique com o jogo contra o Gana! 😉

Continue Reading instaweek 25.14

let’s | luisa the brave

ás vezes acontece pedirem-nos temas de festa que nos deixam completamente desarmadas. seja porque eu não tenho meninas em casa, seja a S. porque ainda tem um rapaz muito pequenino que ainda não lhe pede qualquer tipo de tema em festa nenhuma, o que ele quer é uma bola e um jardim. mas quando nos pedem temas que envolvem princesas, eu tremo, não porque não gosto, mas porque sei que sem a S. por vezes nem saberia quem eram e muito provavelmente porque vou ter que me sentar a ver alguns filmes ou episódios destas personagens que enchem o imaginário das crianças!
a brave foi exactamente isso! uma nova descoberta, uma sessão de cinema em duas línguas, primeiro com os miúdos e depois sozinha em inglês que é como eu gosto de ver os filmes, em original. eu já sabia que ela era ruiva! a S. explicou-me o resto e aproveitámos as duas para estudarmos bem a lição, e é tão bom estudar assim, a ver desenhos animados sobre meninas ruivas, e com tanta coragem!
a Luisa parece ser igual! uma menina de 3 aninhos com imensos caracóis ruivos, que fala como gente grande, simpática e que sabe muito bem o que quer! pegámos nos tons mais vivos do filme e simplificámos uma história que parece tão gigante para uma menina de 3 anos, mas a L. sabe tudo de cor e adorou ver a sua heroína no topo do seu bolo em escada! foi tão bom fazer parte daquele mini sorriso e ser recebida com um OBRIGADA dos bons!

let’s | luisa the brave
Continue Reading let’s | luisa the brave

weeklinks | links da semana

. sardines _ há quem goste do que é nosso | you find our products in the farthest places and apparently they love it
. funny tees _ há tshirts que merecem ter frases! | i probably wouldn’t own them, but some are too funny!!
. casa no tempo _ arquitectura portuguesa no seu melhor | portuguese architecture in it’s best!
. privacy alcove _ porque todos precisamso de privacidade! | because we all need a bit of privacy!
. brownie cookies _ que são sempre precisas | always need them

Continue Reading weeklinks | links da semana

cores | ahoy stripes

1|2|3|4|5|6|7|8|9|10
para mim o verão tem riscas. claro, tem amarelo do sol, tem camel da areia, tem acqua do mar, tem neon da luz, tem muito, mas tem riscas também! dá um ar marinheiro, maria-rapaz, e muito 80s. gosto! e se por um lado abomino kits mãe/filha, mãe/filho, pai/filho, pai/filha, adoro ver-nos todos de riscas. eles ficam super elegantes mas que numa simples tshirt, nós ficamos muito casual mesmo que apenas nas paez! eu tenho várias coisas, claro que prefiro riscas em azul e branco, mas venham elas de qualquer cor. entre fato-de-banho, carteira, mala, tshirts, saia, e acho que mais qualquer coisa que não me lembro, fica sempre bem! abinado com jeans, branco, e um tom mais feminino, estou pronta para andar por aí feliz da vida. e sim, claro que eu nunca esqueço das almofadas nestes posts, mas é que há mesmo SEMPRE almofadas giras nos tons da semana!!!

Continue Reading cores | ahoy stripes

twentyfourteenproject | 24.52

 
uma vez por ano eu sinto uma necessidade imensa de caminhar por esta cidade como se não houvesse amanhã. mesmo quando vivi aqueles anos todos fora pelo mundo, quando voltava precisava de voltar a percorrer todos os cantos da cidade como se nunca os tivesse visto antes.  sou apaixonada pelos detalhes e fico sem palavras quando reparo na luz e no tom de azul. o contraste entre pedra e céu é simplesmente magnífico. e eu não consigo viver sem tudo isto. está na hora… está na hora de voltar a subir estas colinas!
once a year i get the urge to walk through this city like there’s no tomorrow. even when i lived far away everytime i came back i would climb up these hills and see every little corner of it as if i have never seen it before. i am in love with the details i am absolutely overwhelemed by it’s light and it’s tone of blue. the contrast between stone and sky is just simply amazing. and i can’t get enough of it. it’s time… it’s time to go up those hills again!

Continue Reading twentyfourteenproject | 24.52

design | pegboard unit

 
pegboard unit | home base collections
gosto disto! gosto de peças de mobiliário que nem me fazem pestanejar. vejo-a na nossa casa em qualquer divisão da casa, vejo-a coberta de coisas giras naquelas portas tipo placares de loja de papelaria, vejo-a em qualquer fase da nossa vida. mais que tudo, preciso desta peça. e só custa 755$……….
i love this! i love furniture pieces that make me not even blink. i see it in our house in any room, i see it covered in gorgeous things on those pegboard doors, i see it in any phase of our lives. and more than anything, i need it. and it’s only 755$…….

Continue Reading design | pegboard unit

the architect in me | fonte da luz

 
a simplicidade de uma renovação, vãos limpos e gigantes entradas de luz na cobertura. a praticabilidade das claraboias logo se verá, mas a luz essa é magnífica. 
the simplicity of a renovation, clean openings and an extraordinary roof top. the practicality of the natural light openings on the roof is yet to be seen, but the light is nonetheless amazing.

Continue Reading the architect in me | fonte da luz

FVM . diy | toy boxes

sou suspeita, ando a pensar nisto há imenso tempo e sei como fazer isto ainda mais querido, giro e para qualquer gosto! pode parecer uma empreitada, mas a coisa é bastante simples não tivesse eu um quase-carpinteiro  e já ter aprendido que tudo é possível fazer-se, mas tem que ser a um domingo, à tarde com umas cervejas e uns amigos, porque os homens trabalham bem em equipa! 😉
os materiais são simples, madeira, e eu até sugiro pinho, ou até faia. não esquecer que a tampa deve abrir e ter rodinhas ajuda! forrar a tampa com um tecido lindo e eu sei que há miúdos a precisarem muito de caixas para os brinquedos e mães a precisarem de os arrumar!

Continue Reading FVM . diy | toy boxes