instaweek 04

um semana com boas notícias, bom chocolate, um lanche “blind date” muito bom! algumas doses de xarope e muito café. novos amigos e umas quantas gargalhadas. a última do mês foi melhor do que eu achava possível e sinto-me pronta para muito mais. 

a week with good news, good chocolate, a great “blind date” afternoon! a few doses of sick babies and lots of coffee. new friends and a few laughs. the last of thie long month was better than i thought it would be and i’m starting to be ready for more.

Continue Reading instaweek 04

places i’ve been | tapada das necessidades

é um jardim… um parque… é único… é um lugar cheio de verde, grande, sem pretensões… triste quase, mas porque se percebe que já deve ter sido muito especial… agora está vazio… embora lindo. é onde está o Ministério dos Negócios Estrangeiros e a Igreja das Necessidades. para quem é viciado em café como eu, sofre um bocadinho mas leva de casa. é o sítio ideal para ficar sentado a contemplar o jardim, pois não há café por ali, mas enquanto os miúdos correm que nem uns loucos por aquele prado de relva, o melhor é mesmo sentar, descansar, respirar fundo e ouvir aquele silêncio. 
a Tapada já foi um local privado, onde a família real portuguesa ia à caça e fazia picnics. o Palácio das Necessidades era um convento, foi construído no séc.XVIII, a pedido do Rei D. João V, pela sua grande devoção a Nossa Senhora das Necessidades. o Palácio tornou-se, após a expulsão das ordens religiosas, a residência oficial dos reis da dinastia Bragança. passou a ser a sede do Ministério dos Negócios Estrangeiros depois da proclamação da Republica em 1910. o jardim em cerca de 10Ha e faz parte da Reserva Nacional de Florestas. está aberto todos os dias, incluindo sábados e domingos… e é grátis!
enquanto o visitava depois de tanto tempo fora, vieram-me memórias de uma infância lá longe, feliz, mas não pude deixar de ter um pouco de tristeza no coração enquanto vi aquele espaço lindo tão sozinho… foi já com frio… mas foi uma maravilhosa surpresa. 
com tanto nas nossas vidas a custar dinheiro, este jardim faz-nos bem, faz-nos pensar, faz-nos precisar dele. 
tornou-se parte da nossa vida em Lisboa e não passamos sem ele, depois de um verão cheio de concertos, picnics, e simples diversão. embora me continue a fazer impressão como é que a cidade o deixa tão sozinho durante o resto do ano, começo a conhece-lo bem, assim como está, e adoro. tenho visto pessoas lindas, famílias felizes e tem sido um local de eleição para mil e uma sessões fotográficas que tanto estão na moda, aproveitando aquele imenso verde e olhar triste que com crianças a pular ganha tanta vida. é um local perdido no meio da cidade e nós amamos. 
é para voltar… ao silêncio… ou não!

not really sure how to translate this name, but it’s a garden… a park sort of, but a private one, or so it feels. it has nothing whatsoever for public use except plants, grass, pathways and a few beautiful buildings, one of which is the Portuguese Foreign Affairs Ministry and the Church of Necessidades. 
if you’re a coffee addict and your kids are adventurers, you can’t sit anywhere and enjoy a cup of coffee while they redo the garden, there is no playground so they will basically just run all over the place. but isn’t that the whole point… enjoying that view, that space and that silence.
it used to be a closed place where the portuguese royals would go hunting and have picnics. the Necessidades Palace used to be a convent. the Palace was built in the 18th Century, ordered by King João V, because of his devotion to Our Lady of Need (Necessidades). the Palace became, after the expulsion of the religious orders, the residence of the Bragança Dinasty Kings. 
it became the headquarters for the Foreing Affairs Ministry after the proclamation of the Republic in 1910. 
the garden has 10Ha and is part of the National Forest Reserve. it’s open every day of the week, including saturdays and sundays and… it’s free! 
while visiting after so long, i remembered light memories of a far away childhood though not clear enough. some sort of sad feeling lingered in the air… but overall a beautiful surprise, and untouched public garden. with so much in our lives costing a fortune, this place makes you think, makes you look twice, makes you need it…
it has become part of our lisbon life now, specially this past summer after so many concerts, picnics, and just plain fun we had there. tough it remains a mistery to me why the city allows it to be so empty throughout the rest of the year, i’ve come to know it quite well and love it to bits. i’ve seen so many happy families there, including a lot of photo sessions taking advantage of the wonderful greenery around. it’s an amazing lost place in the middle of town and we’re fans. 
it’s a place to return to… quietly… or not!

Continue Reading places i’ve been | tapada das necessidades

at work with | well done

* onde vive? | where do you live?
vivo em lisboa | i live in lisbon

* faz isto a tempo inteiro? como gere o seu dia-a-dia? | is this your daily job? how is you day?
sim, faço-o a tempo inteiro, de manhã aproveito para ver as encomendas e vou comprar o material necessário e à tarde faço as peças e vou por no correio. | yes, this is my daily job! usually i take care of orders in the morning and buy all the material necessary. i’ll make them and post them in the afternoon.

* onde fica o seu atelier/loja? como vai para lá? | where is your studio/shop? how do you get there?
o meu atelier é em casa… trabalho de chinelos! 😉 | my studio is at home… so i work in my slippers! 😉

* o que vê da janela? | what do you see from your window?
da janela vejo o chiado que está sempre em movimento | from my window i see the busy life of chiado

* toma café de manhã? | do you take coffee?
bebo chá e bastante! adoro chá! | i drink tea… and a lot! i love tea!

* tem algum ritual antes de começar a trabalhar? | do you have any rituals before you start working?
não | no

* o que gosta mais do seu trabalho? o que a põe mais à prova? | what do you like most about your work? what’s more challenging?
gosto muito dos desafios que as clientes me vão propondo e fazer peças originais e novas. | i love the challenges my clients ask/want from me and making all sorts of new and original pieces.

* como aprendeu a fazer o que faz? | how did you learn your craft?
como mulher, sempre gostei deste género de artigos e por curiosidade procurei por vários caminhos como podia fazer, de forma a ter peças diferentes do que é habitual. comecei a experimentar com alguns materiais fazer umas peças e daí comecei a ter stock e a vender. | as a woman i’ve always loved these sort of pieces and out of curiosity i kept searching through different ways to make them myself, in order to create different and original things. i started experimenting with a few materials and started having stock, so i decided to sell them too. 

* qual a peça preferida? | what’s your favorite piece?
sinceramente, eu gosto de todos os artigos que faço! mas particularmente tenho uma queda pelos colares, adoro! | honestly, i love all the pieces i make! but i have a crush for necklaces, i love them!

* o que é a WELL DONE? | what’s WELL DONE?
a Well Done é uma ideia que se tornou realidade. deixa-me realizada com a satisfação das minhas clientes e isso faz-me sentir termais vontade de crescer. | Well Done is an idea come to life. it make me so fulfilled to have satisfied clients and that allows me to create even more.

Continue Reading at work with | well done

FVM.diy 010 | in a can

na nossa casa há sempre imensas latas! sejam as dos feijões, do tomate pelado para as pizzas, do grão, sei lá, mas há! e eu sou super, mega recicladora, sei sempre onde as por, mas de vez em quando ficou ali a pensar, é desta que as ponho a uso… mas como? nem sei porque demorei tanto tempo a descobrir isto! mas no meu pinterest tenho angariado imensas ideias giras para fazer com objectos verdadeiramente simples e que temos em casa à mão de semear. entre usar latas mesmo “amachucadas” para vasos, pinta-las ou cobri-las de washi tape para os lápis pincéis/escovas/cakepops numa festa, como jogos de bowling e lanternas para noites de verão, não entendo como já deitei tantas fora… aaarrgghh. mãos à obra!
1|2|3|4|5|6
at our house we have a lot of cans! be it from beans, tomatoes for pizzas, peas, i don’t know, but it’s a lot. though i am what you’d call a super mega recycler, i do tend to throw them away always with a bit of remorse, there must be something cool and fun i could do with them… but what? i can’t believe how long it took me to realize all these new ideias existed. i have collected a lot of things on pinterest, but these are very nice, simple and useful and fun. even scrunched up cans can be used and add a nice styling to your terrace, or play a game of bowling, or washi tape them, or paint are keep your office nice and tidy. can’t wait to decorate my “garden” for summer with these!! 
Continue Reading FVM.diy 010 | in a can

links da semana | week links 03

e mais cinco para descobrir e ler este fim-de-semana! | five links to read and discover this weekend!

_ petcha kutcha _ hoje em lisboa! | tonight in lisbon!
_ fraldas|diapers _ não sou a única ansiosa por este momento | not the only one anxious for this critical moment
_ ana pina _ simplesmente porque sou apaixonada pelas suas imagens | because i’m in love with her images
_ sandra juto _ um blog, uma história e belissimas fotografias | a blog, a story and beautiful photographs
_ pols potten _ um serviço de chá amoroso | a cute tea set

Continue Reading links da semana | week links 03

something i saw | well done

mimos nunca são demais e nós mulheres activas precisamos deles! a WELL DONE trata disso muito bem! há uns  dois meses encontrei estes mimos por acaso, vieram mesmo a calhar com o meus anos e o natal, nem era tarde nem cedo para me oferecer um miminho e dar outro a alguém muito especial que merecia também algo único. a well done é assim, um conjunto de pequeninas peças que mudam tudo, completam e fazem todos olhar duas vezes. quando o meu colar com uma mini máquina fotográfica anda ao pescoço é imparável, todos dizem “que giro!” e não fosse eu tê-lo escolhido num acto impulsivo sei que é mesmo!!! faço questão de o mostrar, combina com quase tudo e fica bem em qualquer dia, mesmo estes chuvosos e medonhamente cinzentos. o que ofereci tem uma tesoura de costura, ideal para quem faz maravilhas com tecidos e linhas e anda sempre de tesoura atrás. espero que lhe inspire muito! e todos os mimos da well done, são assim, com um pormenor incrível e cheios de significado. não é só mais um colar, é talvez O colar! só tenho pena de não ter já furos nas orelhas senão eram os brincos a minha perdição!
por trás da well done está a Ana, com uma paixão por peças minuciosas e escolhe-as a dedo. isso vê-se na selecção dos objectos que vende e não consigo deixar de imaginar o que lhe levou a escolher aquela peça… mas não é difícil! apetece-me tudo e não sei por onde começar!

spoiling yourself is never too much! sometimes it’s very important! WELL DONE does just that, it spoils you! i found it by chance a couple of months ago and i was so happy to find something so nice for my birthday and for a special xmas gift for someone dear to me. that’s well done for you, little pieces that change everything, complete and make everyone look twice. when i’m wearing my mini camera necklace it’s unstopable! everyone says “how lovely”! and to think i was so impulsive when i bought it, because i really was stunned by it. i love showing it off and it looks amazing with any outfit on any day, even these gloomy gray ones! the one i gave as a gift has a mini scissors and it is perfect for her, who is starting off in a new fabric and needle world. i hope it inspires her! all well done pieces do this, they inspire and make you want them! with an incredible detailing and somehow full of meaning. it’s not just a necklace, it’s maybe THE necklace. i’m seriously thinking of piercing my ears again…….. 

behind well done there’s Ana, with a passion for detailed pieces handpicked throughout this city. you can imagine it all through her pieces and wonder what trigered her to pick them. i want it all but don’t know where to start!

Continue Reading something i saw | well done

where to eat | eric kayser

admito, não sou grande fã. não gosto muito de entrar numa “padaria” e ver o pão de tal maneira exposto que me parece de plástico, não tenho grande apreço por “pastelarias” onde o bolinhos são tratados como barras de ouro e custam como tal, com glacê tão brilhante que também esse parece falso. não consigo entender a necessidade… mas depois compensa com este espaço amplo, de dois andares, com pormenores giríssimos como os azulejos subway, o papel de parede, janelas grandes e de traça antiga, e um café que no meio do chiado consegue manter um preço admissível. tudo o resto é demais.
entro apenas quando venho a subir a rua do carmo e ainda não tomei café, ainda não almocei lá por achar que me vou arrepender, mas um dia, quem sabe. no entanto, gosto do café, e este post talvez devia ter outro título e ser mais sobre “cafés em lisboa” mas isso fica para outro dia. quem tiver melhores opiniões que mo diga, não sou obrigada a gostar e tudo, mas admito que talvez mereça mais uma oportunidade e quem sabe um 2º post. até lá, tomarei lá café sentadinha numa das super confortáveis cadeiras

eric kayser | rua do carmo | seg(mon)-dom(sun) 7:30-20:30 
i’ll admit it, i am not a big fan of this place. i’m not really into “bakeries” that have the bread looking like it’s made of plastic, it’s a bit annoying that “pastry shops” need to have really expensive, fake looking cakes on their main window… i’m sorry but it’s really not my thing. i can’t understand the need… but then the space helps me to forget this, the subway tiles are gorgeous, the light-green colour of the shop not so much but it’s soothing in a way, the wallpaper is really nice andd the big old antique windows too, and best of all id that the coffee is cheap, for the chiado area it’s a very good price and you know how much coffee i drink! 
i haven’t eaten there really, because i am almost afraid of what i’ll pay but i have promised myself i will soon and i’ll for sure wrtie another post on it, but until then it’s a place for coffee only and a chance to sit in the  most confortable chairs
Continue Reading where to eat | eric kayser

a new day

e que bom que é o dia e hoje! ontem cheguei a casa cansada e cheia de minhocas na cabeça que me impedem e ver o bom que tenho comigo… e de repente, entra ela, ele, e uma notícia… janeiro deixou de ser triste para passar a ser maravilhoso! 2013 vai ser um ano bom tenho a certeza agora. pena não ter tido a cabeça para o saber mais cedo. mas aqui estou eu, pronta para receber nos braços aquilo que tenho e que virá esta ano!

and what a great day it is! yesterday i arrived home tired and full of stupid things in my head i shouldn’t be thinking about and stop me from overlooking stuff and enjoy what i have which is already amazing… but then she comes in, with him, and some big news… and january stopped being so gloomy to become the month when i knew this 2013 will be spectacular! i’m just sorry i didn’t give it a chance earlier, but i’m here now, with open arms to hold special things closer.

Continue Reading a new day

instaweek 03

uma semana bastante extenuante  tirou muito de mim sem me dar muito em troca, sim, queria que voltasse alguma coisa porque tem sido bastante estranho sentir tanta tristeza e tanto cansaço… o que explica o que andei a comer, entre bolachas e cakepops não sei o que fez melhor mas o sabor a açúcar  chocolate e mel ajudou… pudera! a loja tem produtos novos e ainda bem que tenho isso para me ir dando algumas alegrias, tem sido muito bom ver até onde podemos ir e o quão é querido aquilo que temos. a recepção tem sido magnífica e tenho gostado muito de ter este apoio. faz-me bem. e a foto minha de barrigão? acho-a linda, com a M. nos braços em cima de uma barriga de gémeos, ela adorava e parecia que os ouvia! ou eles a ela! a helen estava por trás da câmara a fazer-nos rir para o passarinho e vai ser muito bom ter este momento capturado em foto dessa fase longínqua mas tão forte. e a pasta? essa é para verem que por aqui não se brinca com as marcas de pasta, do melhor só… e os jantares são fenomenais. 
last week, until today, really was a challenge, trying to forget sadness and really look around took a lot of me and i sometimes gave up, which explains the amount of cookies and cakepops i ate… not good… but somehow it filled me up and that sugar, chocolate, honey taste helped, it really did. there were a few new detaisl for the shop and i’m looking forward to looking up at their wall and recognizing some hard work, and what it’s all for. don’t you just love that image of me pregnant? i was holding my friend H’s baby girl and a belly of twins boys… and helen was making us all smile with that beautiful one of hers. it’s great that i have this memory of her up on my wall… forever. and you ask? the pasta?… it’s just to show how much italian men don’t kid around with pasta, only the best brands around here! looking forward to his magic for dinners to come.

Continue Reading instaweek 03

FVM.diy 009

eu estou a precisar de descanso… mesmo. ou então de um FVM que leve alguma monotonia, paciência e precisão… este parece-me ideal… e um A seria perfeito para eu me concentrar em mim… A=EU

i’m in need of a rest… really, i am. that, or a easy DIY that will give me some monotony, patience, and precision… this seems ideal… and the letter A would help me concentrate on me… A=ME

Continue Reading FVM.diy 009